Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 02 de dezembro de 2021

Mundo

China libera, parcialmente, importação de carne bovina brasileira

23 de Novembro de 2021 | 12h 08
Ouvir a matéria:
China libera, parcialmente, importação de carne bovina brasileira
Foto: Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec)

As autoridades chinesas liberaram a importação da carne bovina brasileira. A permissão, no entanto, é parcial. Está concedida, apenas, para produtos certificados até o dia 3 de setembro, data que antecede o embargo à proteína, após a notificação de dois casos atípicos da doença da vaca louca, nos estados de Minas Gerais e Mato Grosso.

De acordo com o G1, a Administração Geral de Alfândegas da China (GACC) mantém o veto, apesar de a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) já ter informado que as ocorrências não representam risco para a cadeia de produção nacional.

A China compra quase metade da carne produzida no Brasil, que chega a cerca de 2 milhões toneladas. Conforme a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), com a interdição, as exportações totais caíram 43%, em outubro, em comparação com o mesmo período de 2020. Em receita, o faturamento da exportação ficou em US$ 541,6 milhões, no mês passado, uma queda de 31%, também se comparado ao mesmo mês do ano anterior.



Mundo LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje