Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 30 de novembro de 2021

Política

Câmara deve ingressar com medida para afastar prefeito Colbert Filho, diz vereador Paulão

26 de Outubro de 2021 | 17h 19
Ouvir a matéria:
Câmara deve ingressar com medida para afastar prefeito Colbert Filho, diz vereador Paulão

A Câmara de Feira de Santana deve ingressar com uma medida para que o prefeito Colbert Martins Filho deixe a administração municipal, sendo substituído pelo vice, Fernando de Fabinho. A recomendação é do vereador Paulão do Caldeirão (PSC). Em pronunciamento nesta terça (26), no Legislativo, ele disse que "a cidade está um caos, suja e no escuro com atraso de pagamento de servidores, transporte público destruído, fornecedor sem receber". O vereador e radialista diz que a Casa deve adotar uma posição imediatamente em respeito à população, que se encontra desesperada, agonizando e clama por justiça". Por menos, ele diz, vários prefeitos foram afastados no país. 
 
Em São Gonçalo dos Campos, na microrregião de Feira de Santana, por causa de uma licitação de gasolina, o gestor do município está perdendo o cargo. O atraso no pagamento atinge servidores de unidades de saúde nos bairros Tomba, Feira X e Feira IX, conforme Paulão. Enquanto isso, acusa, o prefeito concede "aditivos milionários" no setor e permite que recursos do SUS sejam utilizados no pagamento de "falso médico", referindo-se ao caso de um estagiário do curso de Medicina flagrado exercendo ilegalmente a profissão no hospital credenciado HTO. 
 
EDVALDO LIMA: VENCEU PRAZO DE 72 HORAS
 
O vereador Edvaldo Lima (MDB) lembra que solicitou na quinta-feira passada que o Governo Municipal comunicasse em até 72 horas, espontaneamente, o afastamento de Colbert, pelo período de 12 meses, para apuração das denúncias em torno da gestão. "Não houve resposta. Creio que devemos então tomar as providências legais. Diante de tudo que temos em mãos, a Casa já pode agir", afirma.

FONTE: Ascom - Câmara Municipal



Política LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje