Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 29 de fevereiro de 2024

Economia

Gás de cozinha e combustíveis sofrem reajuste a partir desta quinta-feira (1º)

01 de Fevereiro de 2024 | 09h 30
Gás de cozinha e combustíveis sofrem reajuste a partir desta quinta-feira (1º)
Foto: Ugor Feio/Arquivo g1

Os preços do gás de cozinha e dos combustíveis sofrem um novo reajuste, a partir desta quinta-feira (1º), na Bahia. O aumento de 1,5% na alíquota modal do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) foi aprovado pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) em novembro de 2023.

Em Salvador, por exemplo, o valor do botijão de gás de cozinha deve passar de R$ 130 para R$ 135. A expectativa dos comerciantes é de que haja queda na procura pelo produto.

Segundo o portal de notícias g1, Roberto Souza, presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Bahia, afirmou que recebeu com perplexidade a notícia do aumento do ICMS. "Mais um reajuste, dessa vez do ICMS, que traz impacto muito grande para o consumidor. Pesa no bolso do consumidor mais uma vez", observou.

O sindicalista disse, ainda, que o reajuste anunciado pela Acelen, administradora da Refinaria Mataripe, no mês passado, também causou impacto no aumento do valor do gás. "O peso maior foi do ICMS, mas a Acelen também teve reajuste, embora não muito grande", destacou.

Na ocasião, a Acelen justificou que os preços praticados pela Refinaria de Mataripe seguiam critérios de mercado, levando em consideração variáveis, como o custo do petróleo, que é adquirido a preços internacionais; a cotação do dólar; e o frete, podendo variar para cima ou para baixo.

Por meio de nota, a empresa salientou que pratica uma política de preços transparente, amparada por critérios técnicos, em consonância com as práticas internacionais de mercado.



Economia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

Charge do Borega

As mais lidas hoje