Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 03 de maro de 2024

César Oliveira

Volta de Lula a Abreu e Lima é uma tentativa de reescrever as condenações por corrupção

20 de Janeiro de 2024 | 08h 55
Volta de Lula a Abreu e Lima é uma tentativa de reescrever as condenações por corrupção
Lula voltou à Refinaria Abreu e Lima, a do calote Venezuelano. A refinaria tinha custo previsto de US$ 2,5 bilhões de dólares, em 2007, mas o orçamento foi para US$ 18,5 bilhões, não foi concluida e só produz metade do estimado. Durante a Lava-Jato várias pessoas foram condenadas por desvio de recursos. Ao visitar Abreu e Lima, Lula, com o delírio de sempre e irresponsabilidade de costume, disse que os procuradores brasileiros estavam macomunados com o Departamento de Justiça americano- em pleno governo democrata de Obama- para quebrar a Petrobrás.
Ele não apresentou provas -o que seria um dever- só bravatas, que não são questionadas pela imprensa amestrada. O Departamento de Justiça respondeu enviando o acordo feito pela empresa em que confessa seus crimes e paga uma multa bilionária ( U$1,78 bilhões de dólares) aos investidores estrangeiros- com dinheiro nosso, é claro.
A volta a Abreu e Lima , um símbolo da corrupção do governo petista e associados, é um tapa na cara do cidadão brasileiro, um escárnio com a Justiça- embora o STF esteja fazendo parte do consórcio administrativo atual.
O que Lula busca, desesperadamente, é reescrever a história tentando apagar o passado, mas o retorno do PT a Refinaria é apenas o cumprimento do velho aforismo que diz que o autor do crime sempre volta ao local em que ele foi cometido.


César Oliveira LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

Charge do Borega

As mais lidas hoje