Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 05 de julho de 2022

Câmara Municipal

Secretário de Saúde de FSA irá depor em CPI da Câmara, nesta segunda-feira (7)

06 de Março de 2022 | 15h 08
Ouvir a matéria:
Secretário de Saúde de FSA irá depor em CPI da Câmara, nesta segunda-feira (7)
Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

O secretário de Saúde de Feira de Santana, Marcelo Britto, foi convocado a depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Vereadores que investiga supostas irregularidades nos contratos de saúde da instância administrativa Municipal. A reunião está prevista para esta segunda-feira (7), a partir das 14 h.

Um dos questionamentos feitos pela CPI diz respeito aos constantes atrasos no pagamento dos servidores municipais. A comissão também cobra explicações sobre a não renovação do contrato com o Hospital Dom Pedro de Alcântara (HDPA). Recentemente, oito leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19, foram desativados pelo Município.

Em entrevista ao portal de notícias Acorda Cidade, o gestor disse que está tranquilo e que irá prestar todos os esclarecimentos necessários. “Na última sexta-feira (4), à tarde recebi a convocação. Achei muito em cima, porque está marcada para a segunda-feira, às 14h, mas desmarquei minha agenda, exatamente para ter a oportunidade. E agradeço aos membros da CPI por terem me chamado para me justificar, pois assistimos a fake news, ataques injustificados, ofensas pessoais, mas ninguém dava a oportunidade de o secretário se justificar”, observou.

Marcelo Britto afirmou, ainda, que, de fato, cabe ao poder Legislativo apurar o que julgar necessário. “A Câmara de Vereadores é o órgão que existe para legislar e tem que fazer o papel dele: chamar, mesmo, o secretário, para que ele justifique as ações; saber o porquê de determinadas ações; quais decisões foram tomadas; quais os fundamentos”, destacou.

Em contrapartida, salientou que o papel que seu cargo exige é “comparecer e apresentar todas as justificativas”. Britto assegurou que não há qualquer motivo que o faça recear a CPI da Casa da Cidadania. “Quem tem que temer é quem está devendo alguma coisa. Eu tenho uma vida limpa, justa, sem nenhum tipo de mácula”, garantiu.



Câmara Municipal LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

Charge do Borega

As mais lidas hoje