Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 22 de janeiro de 2022

Segurança

PF deflagra operação contra tráfico internacional de drogas, na Bahia e em mais 5 estados

18 de Novembro de 2021 | 10h 41
Ouvir a matéria:

Durante a operação, uma rede de postos de combustíveis sediada na Bahia foi interditada

PF deflagra operação contra tráfico internacional de drogas, na Bahia e em mais 5 estados
Foto: Divulgação/PF

Uma organização criminosa ligada ao tráfico internacional de drogas é alvo, na manhã desta quinta-feira (18), da Operação Calvary, deflagrada pela Polícia Federal (PF), em conjunto com a Receita Federal e a Europol, agência de polícia da União Europeia. A ação, que pretende a desarticulação da quadrilha, está em andamento em seis estados brasileiros: Bahia, São Paulo, Mato Grosso, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Segundo a PF, estão sendo cumpridos 36 mandados de busca e apreensão, seis mandados de prisão preventiva, quatro mandados de prisão temporária e sete mandados de interdição de atividade econômica, todos expedidos pela 6ª Vara Federal de São Paulo.

A Justiça também determinou o sequestro de 28 bens imóveis; de diversos veículos, incluindo carros avaliados em mais de R$ 600 mil; e de valores custodiados em contas bancárias de 53 pessoas físicas e jurídicas, abertas não apenas no Brasil, mas também na Bélgica e em Portugal.

Um navio de longo curso também teve sequestro determinado judicialmente. Conforme o inquérito, a embarcação pertence ao grupo criminoso investigado e seria utilizado para transportar cocaína para fora do país. Além disso, foi determinada a interdição da atividade de uma rede de postos de combustíveis no estado da Bahia. A Polícia Federal estima que os bens apreendidos e sequestrados durante a investigação superam a marca de R$ 50 milhões.

As investigações apontam que os criminosos articularam a exportação de 2,7 toneladas de cocaína, em outubro de 2020. O trajeto da droga teria começado no Porto de São Sebastião, no litoral norte do estado de São Paulo. Para realizar o transporte do material ilícito, a quadrilha teria utilizado, na ocasião, o navio Unispirit. O destino final, segundo a PF, era a cidade portuária de Cádiz, na Espanha.

No entanto, durante uma fiscalização conjunta articulada pela PF e pela Receita Federal do Brasil (RFB), 1,5 tonelada da droga acabou sendo apreendida ainda em território nacional. A outra parte, 1,2 tonelada, foi interceptada pela polícia espanhola, após  comunicado da Polícia Federal brasileira às autoridades do país europeu.

Afastamentos de sigilos bancários e fiscais de 66 pessoas físicas e de 39 pessoas jurídicas suspeitas de serem utilizadas para a prática de lavagem de dinheiro também foram determinados pela Justiça, conforme a PF.



Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje