Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 02 de dezembro de 2021

Segurança

Com Complexo Policial Investigador Bandeira em reforma, delegacias passam a funcionar em novo local

26 de Outubro de 2021 | 09h 16
Com Complexo Policial Investigador Bandeira em reforma, delegacias passam a funcionar em novo local
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

O Complexo Policial Investigador Bandeira, localizado no conjunto Jomafa, em Feira de Santana, está passando por reforma. Com isso, as delegacias de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), Tóxicos e Entorpecentes (DTE/Draco) e 1ª Delegacia Territorial (DT) passam a funcionar, temporariamente, em novo endereço.

De acordo com o Acorda Cidade, as equipes da Polícia Civil já estão atendendo a população em um imóvel alugado, que está situado na Rua Alamedas das Mangueiras, 91, Cidade Nova, atrás do Gauchão da Avenida Fraga Maia.

O delegado Roberto da Silva Leal, da 1ª Coordenadoria de Polícia (1ª Coorpin), informou que a previsão é de que as delegacias funcionem no novo local durante oito meses, prazo para o término das obras. "Foi necessário fazer essa mudança. A outra opção que tínhamos era continuar no Complexo do Jomafa e ir relocando os servidores, na medida da necessidade da empresa, só que isso demoraria mais tempo e traria transtornos tanto para os servidores quanto para a população. Então, optou-se por locar um espaço, para abrigar as três unidades de forma temporária. A DTE, a 1ª Delegacia e DRFR prestarão atendimento neste local", disse.

Ele destacou, ainda, que o prédio provisório está localizado em uma área considerada segura, além de contar com estacionamentos para o público atendido. "Estamos em um local onde, primeiro, foi analisada a questão da segurança, há um quantitativo de estacionamentos, e vamos ter que fazer essa gestão. Tentamos o melhor local para atendimento da população e que atendesse a demanda dos servidores da 1ª Coorpin", observou.

Ainda conforme o Acorda Cidade, Roberto Leal destacou que, no período inicial de transição, os atendimentos foram transferidos para o Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho, mas, agora, as pessoas podem se dirigir ao endereço citado.

Para o coordenador da 1ª Coorpin, a realização da reforma do Complexo Policial Investigador Bandeira será benéfica tanto para os servidores que lá atuam, quanto para a população. "Essa reforma vai trazer grandes benefícios para toda a comunidade de Feira de Santana. Quantas e quantas pessoas me procuravam, moradores próximos, para reclamar da quantidade de veículos parados, preocupação com doenças e insetos. Então, estamos preparando um novo local, melhorando a forma de atendimento", frisou.

 O delegado reconheceu que a reforma trará alguns transtornos, mas salientou que por um período curto de tempo. "A gente até sabe que essa mudança traz alguns transtornos, como, por exemplo, para servidores que moram próximo do Jomafa e que, agora, terão de se deslocar para um local mais distante, mas sabemos que é algo provisório. A previsão de conclusão é de um ano e, quando menos esperarrmos, estaremos de volta para a nossa casa", observou.

O que mudará - Conforme o Acorda Cidade, a reforma custará cerca de 8 milhões de reais e tem um prazo de 12 meses para ser concluída. O local será ampliado, para receber uma Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam). As outras três delegacias terão novas instalações, na mesma estrutura, com elevadores e rampas de acessibilidade, além de auditórios e outros espaços preparados para receber a população e os servidores.



Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje