Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 14 de junho de 2021

André Pomponet

A pátria de chuteiras e o novo milagre econômico

André Pomponet - 01 de Junho de 2021 | 20h 58

Tudo indica que agora vai: além do crescimento inesperado do PIB, o país vai sediar a Copa América

A pátria de chuteiras e o novo milagre econômico

Os patriotas de plantão devem estar exultantes: pela manhã, o IBGE - esta instituição "comunista", segundo os acólitos de Jair Bolsonaro, o "mito" - divulgou que o Produto Interno Bruto, o PIB, cresceu 1,2% no primeiro trimestre. O desempenho surpreendeu até os banqueiros, que já preveem PIB anual de mais de 5% em 2021. Prenúncio de novo "milagre" econômico? Tudo indica. Por fim, à tarde o próprio "mito" confirmou que a Copa América vai ser mesmo realizada aqui no Brasil.

- Pra frente, Brasil!

Imagino que os acólitos da velha guarda já estejam se preparando para resgatar o bordão que fez sucesso na década de 1970, no auge da ditadura militar. Afinal, nunca é tarde para resgatar o ardor patriótico. Mesmo que a competição tenha sido arrebatada depois que Argentina e Colômbia, previdentes, refugaram a organização em função da pandemia da Covid-19.

O Brasil caminha célere para as 500 mil mortes pela doença - provavelmente durante a competição - mas isso parece irrelevante para o "mito" e sua claque. Importante mesmo é, mais uma vez, atrair os holofotes da imprensa esportiva sul-americana. Dirão que "todos os protocolos serão cumpridos", expressão que já se tornou praxe, mesmo com o alarmante crescimento no número de mortes.

Os tiozões do churrasco - aqueles arquetípicos eleitores do "mito" que acompanham os jogos estatelados no sofá, cerveja na mão - devem estar em êxtase ruidoso. Afinal, poderão refestelar-se, haverá overdose de partidas, mais uma vez se comoverão com a Seleção Canarinho em campo. E esquecerão esse papo de pandemia, de falta de vacina, que tanto enche o saco.

Pelas boas notícias do dia, tudo indica que agora vai. Isso apesar dos "comunistas" que torcem contra, que se recusam a enxergar as grandes realizações do governo do "mito", conforme resmungam os acólitos mais impenitentes. O Brasil sempre foi a "pátria de chuteiras" e esse negócio de fome, de miséria, de morte, sempre existiu, filosofará um integrante da claque com inclinações intelectuais, mas heterossexual. Num arroubo genial, dirá que a culpa é dos petistas, dos janotas do PSDB.

Enfim, é melhor ir se preparando para o espetáculo do futebol. E reconhecer o empenho do "mito" que, em meio à aporrinhação da pandemia, tratou de trazer distração para o brasileiro, a distração que ele mais aprecia.

Somos a pátria de chuteiras às portas do novo "milagre" econômico!



André Pomponet LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje