Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 28 de julho de 2021

Brasil

"No que depender de mim, haverá", diz Bolsonaro sobre Copa América no Brasil

01 de Junho de 2021 | 14h 37
Ouvir a matéria:
Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu nesta terça-feira (1º) a realização da Copa América no Brasil. Ele também comparou a competição com outros eventos esportivos que ocorrem no país.

 

"No que depender de mim, todos os ministros, inclusive o da Saúde, já está acertado, haverá [Copa América]. Protocolo é o mesmo da Libertadores, da Sul-Americana, é a mesma coisa", disse Bolsonaro, ao deixar o Palácio da Alvorada.

 

A fala de Bolsonaro foi transmitida por um site bolsonarista. "Fui instado no dia de ontem pela CBF, conversei com todos os ministros interessados. Da nossa parte positivo. O que está havendo aqui? O movimento da Globo contrário, porque os direitos de transmissão são do SBT", continuou o presidente ao criticar a Rede Globo.

 

Bolsonaro também usou outras competições como exemplo, para defender a realização da Copa América. "Está havendo jogo da Libertadores. Não está havendo também da Sul Americana? Também não começa agora na sexta-feira (4) as eliminatórias da Copa do Mundo? Ninguém fala nada, problema nenhum. Por que quando se fala em Copa América querem questionar, que causa aglomeração, ajuda a espalhar o vírus etc? É pressão dessa imprensa chamada Globo aí, nada mais além disso".

 

Nesta segunda-feira (31), a Conmebol comunicou que a Copa América seria realizada no Brasil após a desistência da Argentina.

 

A BAHIA
O governador da Bahia, Rui Costa (PT), antecipou, na noite desta segunda-feira (31), que a Bahia não irá sediar jogos da Copa América, que deverá ocorrer no Brasil conforme anúncio feito pela Conmebol. 

 

Em vídeo, o governador enfatiza que a Arena Fonte Nova, único espaço da Bahia preparado para receber competições do tipo, está ocupado com um hospital de campanha para atendimento a pacientes com a Covid-19.

 

"A prioridade que teremos é vacina. Vacina para salvar vidas humanas. Vacina para retomar emprego, a renda, a economia. Esperamos que o governo federal tenha empenho, dedicação e trabalhe para a chegada de mais vacinas rapidamente. Aqui na Bahia a prioridade é salvar vidas humanas. O estádio, inclusive, em função da pandemia está provisoriamente ocupado com leitos de UTI. Então, aqui não poderá ocorrer jogos de qualquer copa em função do uso do estádio para salvar vidas humanas", disse o governador.

FONTE: Bahia Notícias



Brasil LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje