Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 25 de outubro de 2021

Famosos

Ministro das Comunicações acusa Lumena Aleluia de racismo reverso no BBB

18 de Fevereiro de 2021 | 10h 25
Ministro das Comunicações acusa Lumena Aleluia de racismo reverso no BBB
Foto: Reprodução - Twitter

O Ministro das Comunicações do governo de Jair Bolsonaro, Fábio Faria (PSD) acusou a participante Lumena Aleluia de cometer ‘racismo reverso’ dentro do Big Brother Brasil.

Em uma série de tweets, Faria criticou a fala da baiana sobre Carla Diaz, na qual ela falava que a atriz global era toda “cagada na merda da branquitude”. “Gente, em que mundo estamos vivendo? Cagada na branquitude? Se fosse o inverso seria crime, mas a frase dela deve estar correta”, escreveu.

 

Na ocasião, o ministro compartilhou uma notícia do site UOL sobre o episódio que foi exibido na segunda-feira (15), antes do paredão que eliminou Nego Di. Faria ainda questionou a imprensa, afirmando que não viu a repercussão do caso na mídia. “Imprensa, racismo é racismo de qualquer natureza e etnia? Não podemos cobrar o contrário se houver seletividade… Nem um pio na grande mídia até agora falando que é RACISMO…”.

 

Na última semana o deputado estadual Anderson Moraes (PSL-RJ) apresentou uma notícia-crime contra a psicóloga baiana na Delegacia de Combate a Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), acusando Lumena de racismo reverso também por uma situação com Carla Diaz.

Neste caso, Lumena afirmou que a atriz era desbotada, tinha olhos de boneca assassina e era sem melanina. “Um caso claro de racismo de duas jovens negras contra pessoas brancas. Pedi para a Decradi apurar os fatos e se manifestar pela expulsão dela do programa. Se fosse o contrário, o que seria igualmente crime, já teriam se mobilizado para combater o racismo”, disse.

FONTE: Bahia.ba



Famosos LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje