Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 25 de outubro de 2021

Educação

Rui Costa diz que aulas serão retomadas antes da maioria da população ser vacinada; escolas estão sendo preparadas

03 de Fevereiro de 2021 | 12h 59
Rui Costa diz que aulas serão retomadas antes da maioria da população ser vacinada; escolas estão sendo preparadas
Foto: Jonne Roriz/Veja

O governador Rui Costa anunciou, em suas redes sociais, que as atividades escolares serão retomadas antes da maioria da população baiana ser imunizada. Entretanto, ele disse que não é possível estabelecer uma data, pelo menos enquanto a ocupação dos leitos destinados aos pacientes com Covid-19 estiver alta.

“Vamos voltar às aulas, sim. A retomada das atividades escolares acontecerá antes da maioria da população ser vacinada, mas não podemos ser irresponsáveis e estabelecer uma data enquanto a ocupação de leitos e o número de mortes se mantiverem nos níveis atuais”, justificou o gestor.

De acordo com o G1, até as 9h25 desta quarta-feira (3), a Central Integrada de Comando e Controle da Saúde contabilizava 68% de ocupação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para adultos, na Bahia. A taxa de ocupação de leitos pediátricos é de 67%.

Segundo Rui Costa, as escolas estão sendo preparadas. Ele disse que estão sendo instalados mais equipamentos e materiais de prevenção, a fim de evitar a disseminação do novo coronavírus. Também está sendo elaborado um plano de alternância de aulas. “Estamos preparando as escolas com mais pias, álcool em gel e equipamentos de proteção. Já fizemos um plano de alternância de turnos de aulas para evitar a lotação das salas”, destacou.

Conforme o G1, o governador da Bahia disse ainda que vai entrar com ação no Supremo Tribunal Federal (STF), a fim de pedir que professores sejam enquadrados como no grupo prioritário da vacinação. “Vamos ao STF para pedir que os professores sejam considerados público prioritário na vacinação. Estamos ajustando tudo para dar segurança e condições sanitárias e pedagógicas de retorno aos estudantes, professores e demais profissionais da educação. Não podemos admitir outro ano sem aula e comprometer o futuro, os sonhos e os planos de milhares de estudantes”, garantiu.

Na Bahia, as aulas estão suspensas desde o dia 18 de março de 2020, data em que o primeiro decreto de paralisação foi publicado. Desde então, vem sendo renovado. A última prorrogação foi decretada no último dia 29 de janeiro e tem validade até 7 de fevereiro. A medida visa conter o avanço da doença, que já vitimou mais de 10 mil pessoas, no estado.



Educação LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje