Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 17 de outubro de 2021

Educação

Rui Costa admite, pela primeira vez, que retorno de aulas, em 2020, é pouco provável

02 de Dezembro de 2020 | 12h 40
Rui Costa admite, pela primeira vez, que retorno de aulas, em 2020, é pouco provável
Foto: Reprodução

Esta é a primeira vez que o governador Rui Costa admite que as aulas presenciais, na rede pública da Bahia, têm baixa possibilidade de serem retomadas, ainda em 2020. Após prorrogar, até o próximo dia 17, o decreto de suspensão das atividades, ele disse, em entrevista ao Bahia Notícias, na manhã desta quarta-feira (2), que não tem muito sentido uma volta às aulas na quinzena que coincide com as festividades natalinas e de fim de ano.

Até aqui, o líder baiano vinha adotando o discurso de preparação da estrutura pública, com a finalidade de garantir segurança à comunidade escolar, em meio à pandemia de coronavírus. Segundo Rui Costa, o aumento do número de casos, registrado após aglomerações em festas e campanhas políticas, prejudicou os planos de retomada das aulas.

O governador enfatizou ainda que espera ver o índice de contágio regredir. “Espero que durante esse mês de dezembro a gente possa voltar a ver o recuo da doença e, eventualmente, voltar no início do ano”, almejou.



Educação LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje