Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 16 de janeiro de 2021

Segurança

Mais de 4 mil PMs vão garantir a segurança na Micareta

26 de fevereiro de 2015 | 15h 53

De acordo com o CPRL existirão aproximadamente 11.800 plantões

Mais de 4 mil PMs vão garantir a segurança na Micareta
Planejamento de fiscalização dos 38 acessos ao circuito

Um efetivo de mais de quatro mil policiais militares vai trabalhar na Micareta de Feira de Santana, que acontecerá entre os dias 23 e 26 de abril. O plano de segurança foi discutido na manhã desta quinta-feira (26) durante reunião entre o secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Rafael Pinto Cordeiro, e representantes do Comando de Policiamento Regional Leste da Bahia (CPRL).

De acordo com o comandante do CPRL, Coronel Adelmário Xavier, os policiais serão distribuídos em aproximadamente 11.800 plantões. Eles atuarão em todo o espaço da festa, incluindo o Circuito Maneca Ferreira, na avenida Presidente Dutra, e os espaços Charles Albert, na praça da Kalilândia, e Quilombola, na avenida João Durval.

Segundo informações da secretaria de Comunicação do município, o planejamento operacional será elaborado em conjunto com a Secretaria Municipal de Prevenção à Violência (Seprev), à qual é vinculada a Guarda Municipal, e o Corpo de Bombeiros. O comandante alertou para a necessidade de haver mais rigor na fiscalização dos acessos ao Circuito Maceca Ferreira – 38 ao todo – bem como o controle de circulação de carros de bebidas.

De acordo com o coordenador de Operações da PM, Tenente Coronel Wanderval Menezes Ramos, o esquema de policiamento seguirá a mesma linha dos anos anteriores, com algumas modificações para melhorar o desempenho. Serão feitas, por exemplo, pequenas alterações no mapa do circuito principal, especialmente com relação aos portões de acesso e instalação de postos elevados.

Para o secretário Rafael Cordeiro, a segurança é primordial para o êxito da Micareta, que reúne um público estimado em 1,2 milhão de pessoas. “Não adianta fazer uma festa bonita, com grandes atrações, se não houver um esquema de segurança eficiente”, afirmou. O grande atrativo, em seu entendimento, deve ser a imagem de um evento sem violência.



Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje