Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 07 de julho de 2020

Saúde

Mudança de hábito dificulta reprodução do aedes

16 de outubro de 2015 | 16h 28
Mudança de hábito dificulta reprodução do aedes
A grande maioria dos focos do inseto é encontrada dentro das casas
A reprodução do aedes aegypti, que transmite o vírus da dengue, zika e a chikungunya, está diretamente relacionada a hábitos que, sem dificuldades, podem ser evitados. E com a proximidade do verão, eles devem ser adotados, como medida preventiva à reprodução do inseto que ao longo dos anos vem causando tantos problemas à saúde pública.
 
São iniciativas simples, como ensacar o lixo, que pode ser transformado em foco do mosquito. A Prefeitura de Feira de Santana recolhe diariamente o lixo domiciliar, bem como aquele que é descartado nas ruas, dando-o a correta destinação.
 
Outro ponto de reprodução são as piscinas e reservatórios de água presentes em residências não habitadas. A água destes locais deve ser tratada com produtos que matam os ovos colocados nas paredes destes equipamentos e mantê-los limpos – os pequenos devem ficar tampados.
 
A parte interna dos pneus quando com água é tida como ideal para a reprodução do mosquito, por ser quente e úmida. Por isso, eles devem ser colocados em locais cobertos. A Prefeitura peridicamente percorre borracharias para recolher pneus, que são enviados para a reciclagem.
 
Os vasos de planta exigem atenção especial. Para garantir que não serão usados como incubadoras, eles devem ser preenchidos com areia. A grande maioria dos focos do inseto é encontrada dentro das casas. A origem de tudo: a falta de cuidados.


 



Saúde LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje