Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 17 de setembro de 2019

Geral

ACM Neto quer mais atrações sem cordas no Carnaval

19 de fevereiro de 2015 | 08h 28

Decisão foi anunciada em entrevista para avaliação do Carnaval

ACM Neto quer mais atrações sem cordas no Carnaval
ACM Neto anuncia medidas para 2016, como fortalecimento do Furdunço, Vila Infantil, Carnaval dos Bairros e Arena dos DJs
O prefeito ACM Neto e sua equipe receberam a imprensa nesta Quarta-Feira de Cinzas (18), no Camarote Oficial do Campo Grande, para fazer uma avaliação do Carnaval de Salvador. O destaque ficou por conta da participação popular nesse ano, marcado por metade das atrações desfilando sem cordas, além do Furdunço, que ampliou o espaço para o folião pipoca. Também nesse sentido, marcaram a festa desse ano a Vila Infantil, montada no centro da Praça Dois de Julho, a Arena dos DJs, o Carnaval nos Bairros e a Vila Gastronômica, que permitiram atrações gratuitas para todos os tipos de público.
 
“Não tenho dúvidas de que fizemos o maior e melhor Carnaval de todos os tempos. No momento em que celebramos os 30 anos da Axé Music e em que se discutia muito o futuro do Carnaval e da crise do mercado, influenciado também pela crise econômica, mostramos que estamos com total vitalidade para curtir os próximos anos. A resposta foi dada, com as pessoas na rua, curtindo o Carnaval, mostrando que essa é uma festa maior e mais forte do que pensavam. Isso graças ao povo de Salvador, que fez uma festa brilhante”, avaliou, destacando que, ao invés de seis bairros, dez receberão programação na festa do próximo ano, além dos circuitos normais.
 
Sobre as novidades para o próximo ano, o prefeito ressaltou o fortalecimento do Furdunço, da Arena dos DJs e do incentivo às atrações sem cordas. “A grande marca foi a concentração das pessoas na rua, do folião pipoca. Isso atrai pessoas que sempre gostaram do Carnaval, mas que não encontravam espaço na festa. Vai ser uma obsessão dessa administração garantir que mais atrações sem cordas desfilem no próximo ano. Vamos buscar novas maneiras de financiamento para aumentar o número de atrações desfilando para o povo, mostrando que esse é o Carnaval mais democrático do mundo”, observou Neto.
 
A grande movimentação de pessoas pelos circuitos se comprova pelos dados de usuários do transporte público e táxis. Em 2014, passaram pelos ônibus 5,1 milhões frente aos 6,6 milhões registrados nesse ano. No ano passado, foram realizadas 35,7 mil corridas de táxis contra 115,8 mil feitas nesse ano. Foram recebidas cerca de 700 mil pessoas no período, com ocupação hoteleira que saiu de 70% para 90% do ano passado para cá, registrando 95% em média nos hotéis localizados no entorno dos circuitos.
 
Segurança - Sobre a elevação dos casos de agressão por arma de fogo nos circuitos do Carnaval, que saiu de três no ano passado para 21, o prefeito afirmou que vai procurar o governo do estado para saber o que provocou tamanho crescimento e fazer sugestões. “Não vou procurar desculpas, então também não quero que procurem. Não houve grande mudança na programação, exceto pela grade dos DJs na Barra para a espera do arrastão, o que não teve influência no aumento. O que pode ter provocado esse aumento foi a inexistência das barreiras, medida realizada no Carnaval passado, inclusive com detecção de metais. Isso inibia o bandido, que nem levava a arma porque sabia que poderia ser revistado”.
 
E quanto aos comentários de que a pipoca de Igor Kannário seria um risco à organização do Carnaval, o prefeito fez questão de afirmar que o cantor não frustrou suas expectativas. “Exemplar o comportamento de Igor Kannário, que fez valer a oportunidade. Foi um dos grandes nomes da festa nesse ano. Tenho certeza que ele está pronto para continuar sua carreira com todo o sucesso”, disse. Ele afirmou ainda que, a partir de agora, começa a organização do Carnaval do próximo ano.


Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje