Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 11 de novembro de 2019

Bahia

Rui diz que Bahia não ficará de joelhos para bandidos

18 de fevereiro de 2015 | 15h 55

Mas prometeu também projetos sociais nas comunidades

Rui diz que Bahia não ficará de joelhos para bandidos
Rui discursou ao lado do comandante da PM, durante feijoada dos militares (Foto: Manu Dias/GOVBA)

Durante a fala na abertura da tradicional feijoada oferecida aos policiais militares e civis no camarote da PM, nesta quarta-feira (18), no encerramento do Carnaval, o governador Rui Costa afirmou que “o Estado da Bahia não ficará de joelhos para o crime organizado e para bandidos”. Ele enfatizou que o governo terá “muitos projetos sociais e educacionais para todas as comunidades da Bahia. Por outro lado, os criminosos vão sentir a mão forte do Estado de Direito, das polícias Militar e Civil e dos Bombeiros". A fala do governador tem relação com a ação da Rondesp no Cabula, com uma dúzia de mortos, questionada por movimentos sociais e investigada pelo Ministério Público.

Após o tradicional ‘Corridão da Choque’, Rui parabenizou os policiais militares pela atuação no Carnaval, pelos 190 anos da instituição, completados na terça-feira (17), e ressaltou a importância de a corporação manter o equilíbrio, sem ultrapassar os limites da legalidade. 

“Nós passamos para o país inteiro a imagem de uma polícia profissional que soube usar a força, na medida correta, quando foi necessário. Não há imagem de truculência ou força exagerada neste Carnaval. E isso se deve ao profissionalismo da nossa polícia. Quero dar aqui o agradecimento do governador da Bahia”, disse Rui. Segundo a secretaria de Comunicação do estado, ele foi aplaudido pela tropa e por moradores que acompanharan a fala. 



Bahia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje