Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 28 de novembro de 2021

Segurança

Serpentina ainda é o principal risco de acidente

16 de Fevereiro de 2015 | 09h 17
Serpentina ainda é o principal risco de acidente

O "pau de selfie", que foi motivo de preocupação da empresa fornecedora de energia elétrica antes do Carnaval, não está sendo utilizado com frequência nos circuitos. A TARDE circulou neste domingo, 15, no Campo Grande e não presenciou o uso dos bastões metálicos.

Apesar da baixa frequência, um produtor do bloco Coruja disse ter visto um casal usando a ferramenta no carro de apoio do bloco Cerveja & Cia. no dia anterior. O ato desrespeita  orientação da Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba) para evitar riscos de acidentes.

O gerente de atendimento da  Coelba, Carlos Moraes,  diz que o principal problema ainda é o lançamento de serpentinas nos fios, principalmente as metálicas. "As pessoas continuam jogando. Até mesmo as de papel, podem oferecer risco, se estão molhadas", ele alertou.

Segundo Moraes, a empresa realiza blitzes diárias durante a festa, em parceria com a Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo (Sucom).

A ação, que conta com 150 profissionais, tem como objetivo orientar  motoristas de trios, foliões e baloneiros quanto ao risco de curto-circuitos. O coordenador de fiscalização da Sucom, Everaldo Freitas, diz que os blocos são notificados previamente a não lançar serpentinas para o alto.

Recomendação

Moraes recomendou aos foliões que evitem subir em árvores e marquises, e aos comerciantes que não façam ligações clandestinas.

Em caso de problemas na rede elétrica, a população deve ligar para o telefone 0800 071 0800 (gratuito).

FONTE: A Tarde



Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje