Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 27 de janeiro de 2020

Geral

Procon cobra tratamento digno aos passageiros do aeroporto

10 de fevereiro de 2015 | 17h 20
Procon cobra tratamento digno aos passageiros do aeroporto
LEIA TAMBÉM:

Inaugurado voo entre Campinas e Feira de Santana


Dentro de 20 dias a fiscalização do Procon de Feira de Santana vai retornar ao Aeroporto João Durval Carneiro para verificar o atendimento das reclamações sobre a qualidade do serviço prestado aos passageiros. A equipe esteve no local na manhã desta segunda-feira, 9.

O chefe da fiscalização, Itaracy Pedra Branca Junior, disse que a principal reclamação é com relação à comodidade dos passageiros, durante o check in (procedimento para que a pessoa confirme que vai mesmo viajar e gerar o cartão de embarque). “O saguão não tem ar condicionado e a quantidade de cadeiras é pequena”.

No prazo de 20 dias a empresa terá que apresentar o projeto de melhoramento. Segundo Itaracy, a empresa informou "que a tensão da rede elétrica no aeroporto não suportaria a instalação de novos aparelhos de ar condicionado".

A responsável pela administração é a empresa Aeroporto de Feira de Santana S/A, um consórcio das empresas Sinart (que administra a rodoviária de Feira de Santana e os aeroportos de Portyo Seguro e Juiz de Fora-MG) e a UTC, empresa envolvida no escândalo da Petrobras, cujo dono, Ricardo Pessoa, está preso em Curitiba desde novembro.

Na sala de embarque o ambiente é refrigerado, bem como na sala onde os passageiros pegam suas bagagens.

Os deficientes físicos tem à disposição cadeiras de rodas. 


Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje