Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, tera, 28 de novembro de 2023

Saúde

Feira de Santana está fora do alerta de perigo da onda de calor

18 de Novembro de 2023 | 08h 40
Feira de Santana está fora do alerta de perigo da onda de calor
Cidade de Feira de Santana - (Foto: Divulgação)

Apesar de os feirenses estarem sentindo os efeitos do calor intenso, os índices registrados em Feira de Santana nos últimos dias estão dentro do esperado para a estação. O município não está sob alerta de perigo em relação à onda de calor que afeta o país, agravada pelo fenômeno El Niño, conforme informa o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

Segundo Anna Karoline Rebouças, coordenadora da Defesa Civil, a temperatura está em conformidade com as expectativas para esta estação. Ela explica: "Estamos na estação da primavera, prestes a iniciar o verão em dezembro. A temperatura atual é característica dessa estação, e o calor é considerado normal. Percebemos um aumento de temperatura devido a fatores climáticos."

Mesmo com as temperaturas dentro do esperado, é crucial manter os cuidados e a proteção. O uso de protetor solar, bonés, chapéus e roupas com fator de proteção são fortemente recomendados.

"A ingestão de água é essencial para manter a hidratação, e estendemos a orientação aos animais", destaca Anna Karoline Rebouças, acrescentando que o "município decretou situação de emergência devido à estiagem, buscando recursos junto ao Governo Federal para atender a zona rural".

Cláudia Valéria, coordenadora do INMET, explica que a região de Feira de Santana, assim como grande parte do Nordeste brasileiro, sente os efeitos do El Niño associado ao aquecimento do Atlântico Norte. Isso resulta em menos chuvas e temperaturas mais elevadas, estendendo-se pelos próximos meses em toda a região. "É importante cuidar dos recursos hídricos, que impactam diretamente no consumo humano, agricultura e pecuária, assim como nas doenças que se agravam com temperaturas elevadas, como as arboviroses (doenças causadas por mosquitos)", concluiu Cláudia.

 

 

 

  

FONTE: PMFS



Saúde LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

Charge do Borega

As mais lidas hoje