Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, tera, 28 de novembro de 2023

César Oliveira

Bahia ocupa o segundo lugar em número de pessoas sem acesso a coleta de esgoto adequada

17 de Novembro de 2023 | 12h 56
Bahia ocupa o segundo lugar em número de pessoas sem acesso a coleta de esgoto adequada

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Continuada Anual (PNADCA), produzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), referente ao ano de 2022, mostrou os seguintes dados.

-46,2% das moradias no Brasil enfrentam algum tipo de privação no que diz respeito ao saneamento básico.

-Os locais com maior população afetada pela falta de acesso à rede geral de água são: Pará (3,9 milhões de pessoas), seguido por Minas Gerais (2,3 milhões), Bahia (2,1 milhões)

-Abastecimento irregular de água é mais comum em Pernambuco (6,3 milhões de pessoas), Bahia (5,6 milhões), Pará (4,6 milhões), Rio de Janeiro (4,5 milhões), Minas Gerais (3,8 milhões) e São Paulo (3,3 milhões).

-Em relação a falta de banheiros adequados o Pará lidera com quase 1 milhão de pessoas (983,5 mil). O Maranhão vem em segundo lugar, com 916,1 mil e a Bahia ocupa o terceiro lugar, com 540 mil pessoas sem acesso a banheiros adequados

- Já sobre a falta de coleta de esgoto o Pará lidera com um preocupante número de 7,02 milhões de pessoas. A Bahia vem em segundo lugar, com 6,4 milhões de pessoas sem acesso à coleta adequada. 



César Oliveira LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

Charge do Borega

As mais lidas hoje