Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 03 de maro de 2024

Bahia

Incêndio florestal que atinge Parque Nacional da Chapada Diamantina é controlado

15 de Outubro de 2023 | 12h 56
Incêndio florestal que atinge Parque Nacional da Chapada Diamantina é controlado
Foto: Mauro Anchieta/TV Bahia

O incêndio que atingiu a Serra do Candombá, no Parque Nacional da Chapada Diamantina, na Bahia, foi controlado, na noite deste sábado (14). O Corpo de Bombeiros informou que agentes da Base Chapada atuam, agora, no rescaldo e monitoramento de possíveis novos focos.

Segundo o portal g1 BA, a ação conta com a colaboração dos brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e de outros voluntários da região.

O Parque Nacional da Chapada Diamantina tem 152 mil hectares e reúne grande diversidade ecológica e ambiental. A área abrange três biomas brasileiros: a Mata Atlântica, o Cerrado e a Caatinga.

No local, é possível encontrar 33 quedas d’água, dentre elas, a Cachoeira da Fumaça, com 390 metros de altura, duas cavernas, dez locais de escalada, 16 sítios históricos, além do Marimbus, área alagada conhecida como "Pantanal da Chapada Diamantina".

Incêndios no oesteSegundo o g1, desde ontem, cerca de 200 profissionais e 40 viaturas do Corpo de Bombeiros Militar (CBMBA) atuam no combate aos incêndios florestais que atingem as regiões Oeste e Norte do estado, além da Chapada Diamantina.

O fogo alcançou áreas de pelo menos 14 cidades: Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, Bom Jesus da Lapa, Buritirama, Santa Rita de Cássia, Barra, Vanderley, Cotegipe, Riachão das Neves, Pilão Arcado, Juazeiro, Oliveira dos Brejinhos, Rio do Pires e Lençóis.

O Programa Bahia Sem Fogo, da Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia (Sema), forneceu drones e seis aeronaves, para dar apoio à operação.

Os bombeiros também estão realizando ações preventivas com a população local. Segundo o g1, uma coluna de fumaça se ergueu no alto do Morro do Candombá, na Chapada Diamantina, chamando a atenção de turistas. Em seguida, um caminho de labaredas se formou.

Outros focos de isolados de incêndio foram identificados no local. O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel BM Adson Marchesini, disse que 53 pessoas atuam no combate às chamas. Foi solicitado um reforço de 30 bombeiros, um helicóptero e dois aviões.

Não há informações se as chamas chegaram a atingir a parte mais baixa do morro. Há vilas habitadas no local. Ainda conforme o g1, o Corpo de Bombeiros ressaltou que nove agentes baianos permanecem no apoio ao combate dos incêndios florestais que atingem o estado do Piauí. Os militares estão atuando no município de Morro Cabeça no Tempo, na divisa com a Bahia.



Bahia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

Charge do Borega

As mais lidas hoje