Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 08 de agosto de 2022

Mundo

Otan convida Finlândia e Suécia para integrar aliança; decisão deve deixar Putin ainda mais descontente

29 de Junho de 2022 | 11h 49
Ouvir a matéria:
Otan convida Finlândia e Suécia para integrar aliança; decisão deve deixar Putin ainda mais descontente
Foto: Yves Herman/REUTERS

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciou, nesta quarta-feira (29), que convidou, formalmente, a Finlândia e a Suécia para integrarem a aliança militar ocidental. O ato deve deixar o presidente russo, Vladmir Putin, ainda mais descontente. Isto porque o provável ingresso dos dois países escandinavos aproxima territorialmente, como nunca antes, a Otan da Rússia.

É preciso lembrar que Putin mantém a Ucrânia sob pesado ataque militar, há mais de 40 dias, alegando justamente que a aliança ocidental se aproximava demais da fronteira de seu país. Isto porque o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenky, havia pedido adesão à organização.

Segundo o G1, formalizado pelo secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, o convite havia sido adiantado na noite desta terça-feira (28), quando a Turquia, país membro da aliança militar e responsável pela tratativa acerca da entrada dos países escandinavos no bloco, mudou de posição, após negociações na capital espanhola. Antes, o presidente Tayip Erdogan acusava os governos finlandês e sueco de asilar cidadãos turcos considerados terroristas por Ancara, capital cosmopolita da Turquia. Os dois países negam.

O anúncio foi feito durante a manhã do primeiro dia da cúpula que a Otan realiza em Madri, com os líderes de todos os países membros da Otan. A Finlândia e a Suécia participam do evento como países convidados.



Mundo LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

Charge do Borega

As mais lidas hoje