Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 05 de julho de 2022

Bahia

Estado começa a afastar servidores que não comprovaram imunização

20 de Janeiro de 2022 | 20h 24
Ouvir a matéria:
Estado começa a afastar servidores que não comprovaram imunização
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Por não comprovarem a vacina contra a Covid-19, o governo baiano afastou, de forma cautelar, 283 servidores estaduais de 13 órgãos e secretarias. Estes servidores descumpriram os decretos governamentais 20.885/2021 e 20.906/2021 e das instruções normativas 024/2021 e 28/2021, da Secretaria da Administração (Saeb). As portarias foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) de 18 a 20 de janeiro.

A legislação trata da comprovação da vacinação contra a Covid-19 e se aplica a servidores civis e militares que estão em atividade, além de integrantes dos órgãos e entidades da administração pública do Poder Executivo estadual e de participantes do Partiu Estágio e do Programa Primeiro Emprego.

O afastamento temporário é resultado de medida cautelar, com prazo de 90 dias, prorrogável por igual período, em que o grupo estará afastado do exercício de suas atribuições, com contagem de falta ao serviço. As portarias afastaram servidores da Secretaria da Educação (38), Uneb (34), Uesb (22), Fundac (08), Irdeb (03), Secretaria de Administração Penitenciária (08), Polícia Civil (08), Polícia Militar (141), Departamento de Polícia Técnica (01), Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (01), Secretaria da Saúde (15), Secretaria de Desenvolvimento Econômico (01) e Secretaria da Fazenda (03).

As unidades administrativas do Estado manterão uma rotina regular para a publicação de novas suspensões cautelares, na medida em que for encerrado o prazo para que os servidores notificados apresentem comprovantes da vacina ou justificativa médica para não receber a imunização.

FONTE: Bahia.ba



Bahia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

Charge do Borega

As mais lidas hoje