Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 19 de abril de 2021

César Oliveira

Pazuello sai atirando do Ministério da Saúde, mas parece que vai ficar tudo por isso mesmo

César Oliveira - 28 de março de 2021 | 18h 12
Pazuello sai atirando do Ministério da Saúde, mas parece que vai ficar tudo por isso mesmo

Pazuello o general que foi escalado para ministro em meio do caos e só produziu agravamento da situação caiu atirando, da pior maneira possível.  Ele declarou que que foi vítima de uma “ação orquestrada” e de “pressões políticas”. E denunciou “um grupo interno nosso” que em fevereiro “tentou empurrar uma pseudo nota técnica” defendendo um medicamento. Eram “oito atores”, todos médicos da equipe que levou para o ministério. A seguir concluiu com uma informação tenebrosa e enigmática ao dizer que  “a operação de grana com fins políticos acontece aqui”, ou seja, o motivo de sua queda seria por ter blindado o Ministério.

Pazuello poderia ser acusado de prevaricação, afinal, soube de tentativas de corrupção no governo e permaneceu calado. Fosse isso aqui um país sério ele seria chamado para esclarecer suas afirmações. Ao cair atirando Pazuello seguiu o roteiro de Moro, mas parece que os militantes bolsonaristas e os robots sabem em que quepe batem a cabeça e nada disseram.



César Oliveira LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje