Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 15 de junho de 2021

Política

Daniel Silveira recebeu 96 punições na PM e foi acusado de falsificar atestados

22 de Fevereiro de 2021 | 10h 19
Daniel Silveira recebeu 96 punições na PM e foi acusado de falsificar atestados
Foto: Reprodução/Twitter

O deputado federal (PSL-RJ), Daniel Silveira, preso em flagrante depois de divulgar vídeo com ataques a ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), sofreu 96 punições e esteve envolvido em inquérito que investigava falsificação de documentos. As informações foram reveladas em reportagem exibida pelo Fantástico, da TV Globo, no domingo (21).

As punições correspondem ao período em que atuou como soldado na Polícia Militar do Rio, por pouco mais de cinco anos e nove meses: foram 26 dias de prisão, 54 dias em detenção, 14 repreensões e duas advertências.

Em documento, a PM cita problemas como “ausência de compromisso e incompatibilidade com o serviço policial militar” e “mau comportamento” em virtude de “transgressões disciplinares”.

Ainda de acordo com a reportagem, Daniel Silveira também figurou num inquérito de fraude de documentos que investigava atestados médicos falsificados feitos com carimbo furtado de uma médica. Isso ocorreu quando ele tinha 25 anos e trabalhava como cobrador de ônibus.

Em 2007, Silveira alegou que estava doente e usou os atestados para faltar ao trabalho durante três semanas, no período de festas de fim de ano. O inquérito prescreveu.

FONTE: Bahia.ba



Política LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje