Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sexta, 22 de janeiro de 2021

Brasil

Em depoimento, motorista diz que freio de ônibus falhou; acidente matou 41 pessoas

26 de novembro de 2020 | 10h 04
Em depoimento, motorista diz que freio de ônibus falhou; acidente matou 41 pessoas
Imagem: Reprodução/TV Globo

O motorista do ônibus que se envolveu em um acidente que deixou 41 pessoas mortas contou em depoimento à Polícia Civil que o freio do automóvel falhou. De acordo com ele, foi preciso desviar e invadir a pista de sentido contrário após outro ônibus frear bruscamente. Com a manobra, o veículo bateu em um caminhão porque o freio não funcionou.

Apesar de ter prestado depoimento, a suspeita é que o motorista tenha sofrido um traumatismo craniano. De acordo com o investigador que o ouviu, ele parecia estar confuso, nervoso e não apresentava sinais de embriaguez.

“Quando ele saiu [da pista], ele se deparou de frente com a carreta. Mas não se lembra de mais nada: como se deu o acidente, se ele tentou desviar da carreta. Ele só se lembra de ter acordado caído para fora do ônibus, no acostamento”, disse o investigador, de acordo com o UOL.

O acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira (25), no km 172, da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, entre as cidades de Taguaí e Taquarituba, no interior de São Paulo. O ônibus levava funcionários de Itaí e Taquarituba para uma empresa têxtil em Taguaí. O caso é investigado pela Polícia Civil.

O motorista sofreu escoriações na cabeça e foi encaminhado para o Pronto-Socorro da Santa Casa de Fartura. Em seguida, ele foi transferido para Avaré após apresentar sintomas como tontura e náusea. Ele será submetido a exames de tomografia e será avaliado por um neurologista.

FONTE: Bahia.ba



Brasil LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje