Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 02 de dezembro de 2020

César Oliveira

Colbert leva Arimateia e Geilson; Neto leva Beto Tourinho e Marcela Prest; neutralidade leva Dayane e Carlos Medeiros

César Oliveira - 19 de novembro de 2020 | 18h 09
Colbert leva Arimateia e Geilson; Neto leva Beto Tourinho e Marcela Prest; neutralidade leva Dayane  e Carlos Medeiros
Foto: gabarite

Carlos Geilson anunciou apoio a Colbert dizendo que "voltou ao lar de onde nunca deveria ter saído". Enquanto isso, Dayane Pimentel, anunciou que permanecerá neutra, certamente contida pela dureza da campanha que rifou possibilidade de apoio a Colbert, apesar do marido estar ligado ao DEM, de ACM Neto, em Salvador. 

Ela declarou o seguinte: "no segundo turno me deparei com o prefeito Colbert Martins, que é uma oposição política que eu angariei durante essa eleição e reitero aqui as minhas críticas pontuais ao seu governo; e o opositor ideológico, que é o deputado Zé Neto, do PT, e todos sabem que temos um combate muito forte aos seus anseios no Congresso Nacional. Não vou lidar com os meus eleitores como se eles fossem uma massa de manobra, porque eles não são. Os meus eleitores estão livres para decidir votar em quem quiser. Eu sou neutra, o meu voto, porém, Colbert Martins não tem”.

Com isso Colbert Martins ( MDB) levou Arimatéia( Republicanos) e  Geilson( PODE) que obtiveram, juntos, um total de 26.701 votos. Neto(PT), por sua vez, levou Beto Tourinho (PSB) e deve levar Marcela Prest ( PSOL), que obtiveram juntos um total de 10.355 votos. 

Carlos Medeiros( NOVO), optou por não apoiar ninguém, assim como Dayane Pimentel ( PSL). Os dois, somados, obtiveram um total de 21.208 votos.

Os eleitores desses dois últimos estão liberados para escolherem seus candidatos e suas lideranças certamente serão procuradas pelos dois candidatos. Em relação aos votos dos demais candidatos, Colbert, obteve vantagem, mas a eleição, em Feira, segundo corre nos bastidores, tem produzido uma verdadeira corrida pelos apoios e se mantém equilibrada. 



César Oliveira LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje