Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 24 de setembro de 2020

César Oliveira

Bolsonaro pavimenta reeleição

César Oliveira - 14 de agosto de 2020 | 13h 59
Bolsonaro pavimenta reeleição
Presidente Bolsonaro

Pesquisa Datafolha  mostra que Bolsonaro chegou a 37% de ótimo e bom, com crescimento de 5%,  e teve queda na rejeição de 44% para 34%. Há algumas razões para isso:

1- R$254 milhões distribuídos a 64 milhões de pessoas, como fator principal, devorando, inclusive, parte do eleitorado Lulista. Não é a toa que entre os que estão sem ocupação a reprovação caiu 9% e o apoio subiu 12%

2-a prisão de Queiroz- o assessor do Senador " Rachadinha"-, Flávio Bolsonaro, que calou o presidente e reduziu os arroubos extremistas, e as agressões verbais cotidianas,  e o inquérito do STF que botou cabresto no "gabinete do ódio" e fez  Bolsonaro dar um cavalo de pau em suas posições,  aproximando-se do Congresso abraçando o Centrão, sacrificando Moro e a  pauta anti-corrupção, distanciando-se cada vez mais da pauta liberal da campanha. A redução da verborragia do confronto parou de incomodar aquela parte do eleitorado que o apoiou na campanha, mas que não gostava dos excessos que ele cometia. 

3- a " normalização da pandemia" que já está incorporada pela sociedade a sua rotina e que não enxerga mais como responsabilidade do presidente o enfrentamento a doença. 

4- a esquerda, dilacerada pela corrupção ilimitada, não consegue apresentar um discurso que ganhe a confiança da sociedade ou reduza a rejieção entre os não militantes.

O pragmatismo de Bolsonaro- não sem razão aconselhado  por Temer-, mira a reeleição, e o aditivo financeiro do coronavoucher incendeia o eleitorado desamparado, sustenta a economia, e se torna um cabo eleitoral dificil de ser batido

A grande dúvida é se esse comportamento do presidente e a economia terão sustentação até a eleição. 



César Oliveira LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje