Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 12 de julho de 2020

Câmara Municipal

Presidente da Câmara diz que sexo em sede da SEDESO foi 'fraqueza humana'

19 de junho de 2020 | 14h 39
Presidente da Câmara diz que sexo em sede da SEDESO foi 'fraqueza humana'
Foto: Reprodução
O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro Rocha, afirmou durante entrevista ao programa Jornal das Duas, da Rádio Sociedade de Feira, que o Procurador do município Ícaro Irvin, só deve ser afastado do cargo no fim do inquerito policial e da sindicância aberta para apurar a denúncia de assédio sexual por uma servidora da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDESO).
 
Segundo Carneiro, a denúncia sobre Icaro se refere enquanto ele atuava como secretário interino da SEDESO e que, desse cargo, ele já se afastou. No entanto, ele acumulava os dois cargos.
 
“Pedir afastamento no meu ponto de vista, agora , seria punir duas vezes. Era secretário e foi afastado pra dar liberdade a comissão de sindicância apurar os fatos, por que afastá-lo da procuradoria?”, pergunta.
 
Sobre o fato ter acontecido dentro de uma repartição pública, ele diz: “Se ele a forçou deve ser punido, agora se foi consensual é preciso repudiar o fato, mas não é razão para demissão, na minha opinião. Eu não aprovo a utilização de um espaço público para ato sexual, mas o ser humano é fraco e ninguém é perfeito e ninguém é paladino da moralidade, as coisas erram e alguém pode perfeitamente ser humilde para reconhecer o erro e nós temos o dever de as vezes perdoar e entender que a fraqueza humana as vezes acontece”, finalizou.


Câmara Municipal LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje