Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 12 de julho de 2020

Política

Augusto Aras retoma negociação por delação premiada que pode atingir Moro

03 de junho de 2020 | 10h 43
Augusto Aras retoma negociação por delação premiada que pode atingir Moro
Foto: Isac Nóbrega/PR
O procurador-geral da República, Augusto Aras, retomou a negociação pela delação premiada do advogado Rodrigo Tacla Duran, que mira um amigo do ex-ministro da Justiça Sergio Moro e pode ser usada para atacá-lo, de acordo com o jornal O Globo.
 
Em 2016, Duran teve sua proposta de delação rejeitada pela Lava Jato. As acusações dele contra o amigo de Moro, o advogado Carlos Zucolotto, já foram investigadas pela própria PGR e arquivadas em 2018, sob a conclusão de que não ficou comprovada a prática de crimes.
 
De acordo com o advogado, Zucolotto teria recebido dinheiro para conseguir vantagens em seu acordo de delação premiada com a Lava-Jato em 2016. A nova investida de Aras é vista por membros do Ministério Público Federal como uma possível retaliação de Aras ao ex-ministro Sergio Moro.


Política LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje