Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 02 de abril de 2020

Câmara Municipal

Vereadores dizem que secretario de saúde do Estado está aterrorizando o povo e fazendo 'politicagem'

Roberta Costa - 16 de março de 2020 | 14h 48
Vereadores dizem que secretario de saúde do Estado está aterrorizando o povo e fazendo 'politicagem'
Foto: Reprodução
O vereador Fabiano da Van (CIDAD), está preocupado com a pandemia de Corona Vírus em todo o mundo. Segundo o edil, a maior preocupação do mundo deve ser com a saúde.
 
“Esse não é o momento de falar em política, mas de preocupação, estão brincando com a verdade”.
 
O edil Marcos Lima (Patri), disse que o secretário de saúde de da Bahia,  Fábio Vilas-Boas, está usando o momento para fazer “politicagem”.
 
“Chegou aqui aterrorizando o povo de Feira de Santana, de forma mesquinha, fazendo politicagem. Ele deveria ser técnico e não ficar brincando com o povo da Bahia. Ele é totalmente despreparado para gerir a saúde da Bahia”, bradou.
 
Em aparte, o vereador Lulinha (DEM), disse que a transmissão em Feira de Santana aconteceu pois a feirense (mulher de 34 casos, primeira diagnosticada na cidade), passou por Salvador e foi liberada para vir à cidade.
 
“Poderiam ter segurado ela lá, mas pra jogar para Feira de Santana, sabendo que estava com um caso que poderia ser positivo, mandou para Feira, contaminando outras pessoas na cidade”.
 
O vereador Cadmiel Pereira (PSC), questionou o preparo do Estado para gerir uma crise de saúde no município.
 
“Quais leitos do Hospital Geral Clériston Andrade estão reservados para pessoas suspeitas da doença? Quais veículos estão a disposição? Esse secretário é medíocre”, criticou.
 
A vereadora Neinha Bastos (PTB) tambémteceu críticas ao secretário Estadual de Saúde, Fábio Vilas- Boas.
 
“Ora  compreende o risco de contágio e ora diz não ver necessidade de cancelar grandes eventos. Em cima dessa crítica quero dizer também que Salvador teve Carnaval, tem um aeroporto de grande movimento e não registrou nenhum caso.Sabe o que aconteceu? Salvador registrou o primeiro caso, mas não foi divulgado. E mesmo com o caso aconteceu o Carnaval e o aeroporto não parou. Com isso, quero dizer ao secretário que quem senta na cadeira tem que ter competência. 


Câmara Municipal LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje