Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 02 de abril de 2020

Câmara Municipal

Vereador diz que 'organização criminosa' frauda processos licitatórios em Feira

10 de março de 2020 | 16h 06
Vereador diz que 'organização criminosa' frauda processos licitatórios em Feira
Foto: Reprodução
O vereador Roberto Tourinho (PV), informou nesta terça-feira, 10, que dará entrada em ações contra o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), acusando-o de atos de improbidade administrativa referentes ao processo licitatório para troca de lâmpadas na cidade.
 
Segundo o edil, existe uma organização criminosa no município para fraudar processos licitatórios.
 
“O processo licitatório nº 107/2019, modalidade pregão eletrônico nº 76/2019, que visa adquirir lâmpadas de led com o menor preço para a cidade, teve como vencedora a empresa M.M. Materiais Elétricos, com o valor de pouco mais de R$ 4 milhões. Contudo, a organização criminosa quis que a empresa Unicoba Energia S.A fosse a vencedora, mas no certame ela colocou um valor de R$ 2 milhões a mais que a M.M. Materiais Elétricos. E, no dia 7 de março, essa organização publicou a revogação do processo licitatório. Em 15 de janeiro, Colbert concedeu uma entrevista e confessou que contratou a empresa Unicoba, 10ª colocada na licitação, para prestar serviço ao Município. E, nos causou estranheza como a 10ª colocada foi contratada. O prefeito anunciou que fez uma associação à ata de registro de preço de Salvador comprando da mesma empresa que vendeu para Salvador, qual seja a Unicoba”, pontuou.
 
Ele acrescentou que a suspensão da licitação foi publicada no Diário Oficial da União, no site da Prefeitura, mas não no Sítio do Banco do Brasil, onde ficam hospedadas todas as informações dos pregões eletrônicos. 
 
“Diante disso, informo a todos que hoje estarei ajuizando uma representação criminal no Ministério Público Estadual e uma ação popular na Vara da Fazenda Pública. Estou fazendo pedidos liminarmente, como por exemplo, a suspensão da licitação, as razões pela opção da empresa Unicoba, o fornecimento de documentos da licitação e muitos outros”, disse.
 
Tourinho afirmou também que, mesmo deixando o cargo de prefeito em 2012, até hoje o ex-prefeito Tarcízio Pimenta é réu em várias ações de sua autoria. 
 
O vereador Marcos Luma (Patriota), criticou Tourinho  e o acusou de fazer politicagem na Tribuna da Casa.
 
“As lâmpadas de Led estão sendo implantadas e as pessoas estão gostando de ver suas ruas iluminadas. Todas as ações do prefeito são com lisura e legalidade, cumprindo os ditames da lei. Quando o  prefeito vai visitar os locais está recebendo aplausos e abraços dos populares e o nome do prefeito é reconhecido. Mas, com isso também vêm os ataques. O objetivo são mais de 5 mil luminárias em led. Quero dizer que a oposição tentou atrapalhar muito o trabalho de Feira de Santana, mas não vai conseguir. A cidade vai continuar crescendo”, defendeu.


Câmara Municipal LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje