Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 06 de junho de 2020

Segurança

Corregedoria da Polícia Civil do Rio deve apurar operação que resultou na morte de miliciano

10 de fevereiro de 2020 | 13h 00
Corregedoria da Polícia Civil do Rio deve apurar operação que resultou na morte de miliciano
Foto: Divulgação/ SSP

A Corregedoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro vai apurar se o miliciano Adriano de Nóbrega morreu após troca de tiros com policiais da corporação e também integrantes do Bope da Bahia. A informação é da revista Época.

Segundo a versão oficial, Adriano teria reagido após ação policial no sítio onde ele estava escondido, em Esplanada, na Bahia, neste domingo (09), e morreu no tiroteio.

Ainda neste domingo, o Ministério Público do Rio explicou que, “em razão do local do fato, as circunstâncias da morte do foragido da Justiça serão apuradas pelas estruturas locais com atribuição, conforme determina a lei”.

Em nota, a Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro afirmou que ainda não foi aberta investigação na Corregedoria Geral de Polícia para apurar a ação que resultou na morte de Nóbrega.

FONTE: Bahia.ba



Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje