Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 27 de fevereiro de 2020

Saúde

Ação da Prefeitura detectou 30 casos de sífilis e dois de HIV

13 de janeiro de 2020 | 16h 42
Ação da Prefeitura detectou 30 casos de sífilis e dois de HIV
Foto: Reprodução
Dos 632 testes rápidos realizados em Feira de Santana pelo Centro de Referência Municipal em Infecções Sexualmente Transmissíveis/HIV/AIDS, 30 foram positivos para sífilis e 2 para HIV. A ação fez parte da campanha Dezembro Vermelho – encerrada no último dia 30 – desenvolvida pela Prefeitura através da Secretaria Municipal de Saúde. Todos as pessoas diagnosticadas estão em tratamento.
 
Na avaliação da enfermeira referência técnica em infecções sexualmente transmissíveis, Vanessa Sampaio, o diagnóstico dos casos tem grande relevância para a quebra da cadeia de transmissão. 
 
“O preservativo ainda é o método mais eficiente de prevenção das IST’s e temos percebido um aumento de casos de sífilis no município. A falta de prevenção nos preocupa, mas a ampliação do diagnóstico tem sido reforçada”, afirma Vanessa Sampaio.
 
Preservativos são oferecidos de forma gratuita em qualquer unidade de saúde, como também a realização dos testes rápidos para diagnóstico das infecções sexualmente transmissíveis.
 
Basta apresentar documento de identidade pessoal e informar o interesse. O resultado do exame é sigiloso e sai em menos de vinte minutos.
 
A pessoa diagnosticada tem acompanhamento gratuito de uma equipe multidisciplinar no Centro de Referência Municipal em Infecções Sexualmente Transmissíveis, localizado na rua Professor Germiniano Costa, s/n, Centro.
 
Este ano a campanha teve adesão de todas as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família com a ampliação do diagnóstico, ações educativas e de prevenção.
 
Em maio de 2017 foi sancionada a Lei Municipal de nº 3.702, de autoria do vereador Luiz Ferreira Dias, que institui o mês de dezembro como o período dedicado a intensificação das ações de combate e prevenção ao HIV/AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis no município de Feira de Santana.


Saúde LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje