Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 08 de dezembro de 2019

Geral

Agente da PF analisa escrever livro sobre relação com Lula durante prisão em Curitiba

18 de novembro de 2019 | 11h 27
Agente da PF analisa escrever livro sobre relação com Lula durante prisão em Curitiba
Foto: Reprodução / TV AFP

O chefe da escolta dos presos da Lava-Jato de Curitiba, Jorge Chastalo, pode escrever um livro para falar da convivência com o ex-presidente Lula na sede da Superintendência da Polícia Federal.

O líder petista ficou preso na PF por 580 dias e acabou se aproximando de Chastalo, responsável por controlar a entrada e saída de advogados, políticos e familiares de Lula.

A sugestão de escrever um livro foi dada ao agente da Polícia Federal pelo escritor cubano Leonardo Padura, autor do best-seller “O homem que amava os cachorros”, que visitou Lula em agosto.

“Ele (Padura) disse que eu tinha obrigação de escrever e que era uma testemunha da história. Para ele, isso se sobrepõe a qualquer outra questão”, disse Chastalo., em entrevista à revista Época

O agente ainda não analisou eventuais impactos legais da publicação nem conversou sobre o assunto com o próprio Lula.

FONTE: Bahia.ba



Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje