Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 18 de novembro de 2019

Saúde

Prefeitura de Feira encerra campanha Outubro Rosa com 3.361 mamografias realizadas

01 de novembro de 2019 | 10h 12
Prefeitura de Feira encerra campanha Outubro Rosa com 3.361 mamografias realizadas

Com um total de 3.361 mamografias realizadas, a Prefeitura encerrou nesta quinta-feira, 31, a campanha Outubro Rosa em Feira de Santana. Durante o mês de outubro, mulheres de 50 a 69 anos de idade puderam realizar a mamografia por demanda espontânea e de forma gratuita através do Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI), Ambulatório do Hospital Dom Pedro de Alcântara e Centro de Pesquisa e Assistência em Reprodução Humana (CEPARH).

Na avaliação da enfermeira referência técnica em saúde da mulher, Alessandra Magalhães, o quantitativo supera a média das mamografias realizadas por mês durante todo o ano, porém ainda assim não é o ideal.

“Apesar de ser um número significativo, não é o ideal, já que não precisamos aumentar a quantidade de vagas durante a campanha, pois sobram por mês em torno de 2.400 mamografias. Isso representa uma falta de interesse das mulheres”, justifica.

“Temos que saber que a pessoa mais importante da nossa vida somos nós mesmo, quando adoecemos não podemos realizar nenhuma atividade, ficamos limitados, e por isso é preciso pensar em si e cuidar da própria saúde”, completa Alessandra.

O prefeito Colbert Martins Filho, que é médico, observa que além da mamografia, o autoexame é muito importante para o diagnóstico do câncer de mama. "Através do toque é possível encontrar nódulos ou alterações nas mamas. Mas também é muito importante que as mulheres que não compareceram as unidades de saúde para realizar a mamografia, façam mesmo após o Outubro Rosa, pois os equipamentos da Prefeitura disponibilizam vagas para o exame durante todo o ano". 

Com o encerramento da campanha, as mulheres de 50 a 69 anos de idade que ainda não realizaram a mamografia devem procurar a unidade básica de saúde da área de abrangência de sua residência para realizar a consulta com médico ou enfermeiro a partir desta avaliação a paciente recebe os encaminhamentos necessários.

Já o exame preventivo, que pode diagnosticar o câncer de colo de útero, é realizado em todas as unidades básicas de saúde. Para realizar, a paciente deve procurar a unidade mais próxima de sua residência. “Caso haja alguma alteração na citologia, é solicitada a colposcopia, que é um exame mais detalhado”, explica o prefeito Colbert Filho.

FONTE: PMFS



Saúde LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje