Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 19 de novembro de 2019

Bahia

"Rui fica de frente pro mar, mas de costas para o fogo", ataca Colbert, sobre focos de incêndios na Bahia

22 de outubro de 2019 | 09h 38
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal - Facebook
O governador Rui Costa continua de frente para o mar e de costas para o fogo que  queima as nossas matas e também prejudica imensamente o meio ambiente no Estado". A declaração é do prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho. 
 
Ele diz que enquanto o petista "faz política, criticando o Governo Federal pelo óleo derramado no mar, sem adotar medidas efetivas de combate ao problema, na Bahia os incêndios se acentuam e ele nao adota as ações necessárias".
 
Os órgãos ambientais alertam para maior incidência de incêndios em áreas florestais nos próximos meses, entre setembro e dezembro. De acordo com especialistas da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), o oeste e a Chapada Diamantina são as regiões que apresentam mais registros de incêndios no período de estiagem. 
 
Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em 2019 houve uma incidência fora do comum de incêndios na região da Mata Atlântica, no período de janeiro a março, atingindo os municípios de Porto Seguro e Belmonte. E na Chapada Diamantina o pico das queimadas é no período de setembro a dezembro.
 
"Enquanto isso, o governador Rui Costa se dedica em ataques à presidência da República, visivelmente em busca de dividendos políticos. Precisa voltar-se para esse quadro grave dos incêndios na Bahia, algo da sua responsabilidade direta. Precisa colocar o programa Bahia sem Fogo para funcionar", alfineta o prefeito de Feira.


Bahia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje