Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 18 de novembro de 2019

Famosos

Claudia Rodrigues apresenta redução de 30% da massa encefálica

18 de outubro de 2019 | 16h 15
Claudia Rodrigues apresenta redução de 30% da massa encefálica
Foto: Reprodução
Claudia Rodrigues apresenta a redução de 30% da massa encefálica em decorrência da progressão da esclerose múltipla. A atriz, de 48 anos, foi diagnosticada com a doença em 2000. Ela está internada no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, para onde foi levada após passar mal no domingo (13).
 
De acordo com a a associação AME (Amigos Múltiplos pela Esclerose), pessoas sem a doença tem uma redução entre 0,1% e 0,3% ao ano, a partir dos 20 anos de idade, já pessoas que têm esclerose múltipla podem perder de 0,4% a 1,5% de volume cerebral ao ano.
 
"Nos exames recentes, foi verificado que ela teve uma redução de 30% da massa encefálica. É uma consequência da progressão da doença. Não houve novo surto", afirmou Adriane Bonato, empresária da atriz, para Quem. De acordo com a representante, Claudia passa bem e atualmente já não precisa usar apoio para se locomover. "Se você encontrar com ela, você não vai dizer que tem nada de errado acontecendo."
 
Adriane afirma que Claudia foi hospitalizada após passar mal e agora realiza exames. A atriz já passou por uma ressonância magnética e terá uma avaliação neuropsicológica, hemograma e vários exames de sangue específicos para fazer. "Provavelmente, a alta acontece logo, não deve demorar."
 
Iza, de 17 anos, filha única da atriz, se mantém informada sobre o estado de saúde da mãe. Por conta dos estudos para a faculdade, ela consegue visitar a mãe aos fins de semana.
 
A assessoria de imprensa da unidade hospitalar informou para Quem que não está autorizada a divulgar os boletins médicos da paciente.
 
A atriz foi diagnosticada com esclerose múltipla em 2000. Apesar das limitações que a enfermidade causa, Claudia declarou em entrevista que houve exagero após as primeiras notícias de seu diagnóstico: "Nunca deixei de andar, de ver, nem de falar, como li em alguns lugares."
 
Claudia teve os primeiros sintomas da doença em 2000, época em que viajava pelo país com a peça Monólogos da Vagina e atuava no humorístico A Escolinha do Professor Raimundo, na TV Globo. A atriz contou que seguiu sua vida normalmente após o diagnóstico, inclusive realizando o sonho de ser mãe em 2002, quando nasceu Isa. "Tive a minha filha e toquei a vida normalmente", disse ela para QUEM, relatando que só voltou a ter sintomas em 2007. Um novo surto aconteceu em 2016. No fim daquele ano, ela passou por um transplante de células-tronco, uma tentativa de tratamento para as sequelas da esclerose múltipla.
 
A doença é autoimune e atinge o sistema nervoso central. Os sintomas mais comuns da esclerose múltipla são visão dupla, dormência no corpo e disfunções no equilíbrio e no comportamento.


Famosos LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje