Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 08 de dezembro de 2019

Geral

Após receber multa por show, empresário tenta oportunidade de diálogo com prefeito de Feira

15 de outubro de 2019 | 09h 14

Dyggs propõe trazer ações que beneficiem a comunidade feirense em troca de "um dia de incômodo com os shows" no Estádio Joia da Princesa.

Após receber multa por show, empresário tenta oportunidade de diálogo com prefeito de Feira
Foto: Reprodução/Instagram @antoniodyggs

Durante uma transmissão ao vivo feita ontem (14), por volta das 23hrs em uma rede social, o empresário e produtor de eventos feirense Antônio "Dyggs" resolveu desabafar e comentar sobre a multa no valor de R$ 20 mil que a Nossa Entretenimento e Eventos Artísticos recebeu da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer.

A multa em questão foi aplicada por que a festa "Embaixador In Feira", realizada no Estádio Joia da Princesa, dia 04 de outubro, ultrapassou o horário de encerramento previsto para as 00hr, previamente estabelecido em cláusula contratual. A festa contou com grandes nomes da música brasileira e internacional, como Gustavo Lima e Alok.

Segundo Dyggs, é "impossível realizar um festival" daquele porte para acabar antes da meia-noite. Ele ainda destacou que em outras capitais, como Recife, Brasília, São Paulo, Salvador etc., a reserva de horário para realização de eventos é concorridíssima durante todo o ano.

O empresário ainda pontuou sobre a movimentação financeira que um evento deste porte trás para a cidade e região. Dyggs até fez uma brincadeira com números, dizendo que se das cerca de 12 mil pessoas que compareceram ao evento, 8 mil gastaram R$ 130 reais comprando roupas ou acessórios para irem à festa, mais de R$ 1 milhão de reais teria sido movimentado no comércio da cidade apenas por conta do show.

Para ele, a atitude da Prefeitura acaba dificultando a realização de novos eventos no Jóia e em sua visão é um retrocesso para a categoria de entretenimento na cidade.

Ao final da transmissão, Antônio Dyggs movimentou milhares de pessoas divulgando a hashtag #ColbertConversaComDyggs, pedindo para que o Prefeito Colbert Martins o recebesse em uma reunião, para que pudesse mostrar dados positivos sobre a movimentação causada pela festa na cidade.

“A briga não é pelos R$ 20 mil (...). O problema é que esse valor representa um retrocesso ao setor de entretenimento da cidade que está crescendo (...). Conversa comigo. Preciso que você me ouça por dez minutos para eu te mostrar o quanto o entretenimento é importante para a nossa cidade, o tanto de pessoas que são beneficiadas”, solicitou.

Dyggs também pede o uso do "bom senso" por parte da Prefeitura de Feira e que a multa de R$ 20 mil reais seja anulada. Em contrapartida, o valor poderia ser utilizado dentro dos bairros residenciais localizados no entorno do estádio, podendo haver reforma de creches e compra de novos equipamentos, arrecadação de alimentos ou qualquer outra ação onde o valor seja aplicado e beneficie de forma direta os moradores da região.



Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje