Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 13 de outubro de 2019

Saúde

Outubro Rosa: Saiba onde realizar a mamografia em Feira

04 de outubro de 2019 | 10h 11
Outubro Rosa: Saiba onde realizar a mamografia em Feira
Foto: Raylle Ketlly

Mulheres entre 50 a 69 anos de idade devem realizar a mamografia, exame que permite identificar tumores malignos na região das mamas. Para reforçar o cuidado na prevenção ao câncer de mama, a  Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, tem ofertado o serviço por demanda espontânea.

A adesão a campanha Outubro Rosa começou na última terça-feira (01). As mulheres que se enquadram na faixa etária da campanha devem procurar a unidade básica de saúde, a qual é cadastrada, para passar por atendimento médico ou de enfermagem. Através da consulta, a paciente passa por exame físico e deverá receber os documentos necessários para a partir daí realizar a mamografia.

Os locais indicados para o procedimento são: o Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI), Ambulatório do Hospital Dom Pedro de Alcântara e Centro de Pesquisa e Assistência em Reprodução Humana (CEPARH).

“Não é necessário agendar a mamografia. Os nossos prestadores estarão atendendo por ordem de chegada”, afirma a referência técnica em saúde da mulher, Alessandra Magalhães.

As mulheres que não se enquadram na faixa etária indicada, mas através do autoexame identificou algum nódulo, devem procurar a unidade básica de saúde e depois do exame clínico será encaminhada para realizar a mamografia, através de marcação previamente agendada.

“É importante lembrar que após receber o resultado do exame a mulher deve retornar a unidade de saúde para que passe por uma nova avaliação e, se necessário, realizar exames complementares”, ressalta Alessandra Magalhães.

Sobram vagas para os procedimentos

Ainda de acordo com Alessandra, a cota para realização do procedimento sobra durante todos os meses do ano. “Inclusive, no mês da campanha não é necessário aumentar a cota devido a baixa procura”, afirma.
São ofertados mensalmente 3.437 vagas distribuídas nas unidades básicas de saúde. No mês de setembro, por exemplo, sobraram 2.481 vagas para o procedimento.

“Precisamos que as mulheres fiquem mais atentas ao próprio corpo e realizem o autoexame, mas apenas isso não é suficiente. É necessário procurar as unidades de saúde para ter uma orientação profissional”, enfatizou a referência técnica em saúde da mulher.

FONTE: PMFS



Saúde LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje