Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 14 de outubro de 2019

Famosos

Repórter viajante, Glória Maria diz que 'se mataria' se trabalhasse somente em estúdio

01 de outubro de 2019 | 15h 01
Repórter viajante, Glória Maria diz que 'se mataria' se trabalhasse somente em estúdio
Foto: Reprodução
A jornalista e apresentadora do “Globo Repórter”, Glória Maria, revelou que não deseja ao longo de sua carreira concentrar todas as suas atividades em um estúdio. Em entrevista à revista Vogue, de acordo com o UOL, a global famosa por viajar pelo mundo declarou que sente necessidade de exercer a sua profissão com reportagens externas. "Se me trancarem dentro de um estúdio, eu me mato. Viro uma velhinha triste. Enquanto me deixarem para o mundo, estou feliz", disse. 
 
Polêmica quando o assunto é sua idade, a jornalista de 70 anos disse não se importar com o envelhecimento, mas critica quem gosta de pautar sobre o assunto. “Nenhum problema [com a idade]. Tenho orgulho da minha idade. O problema é de quem quer saber. Para mim, não existe tempo”, declarou. 
 
Glória também minimizou que sua idade não seria motivo de mistério, já que constantemente ela se vê obrigada a mostrar seus documentos por onde viaja. “Todo mundo sabe quantos anos eu tenho. Eu tenho documento, viajo para o mundo inteiro e sempre mostro. É um segredo de polichinelo, só que isso não ocupa espaço na minha vida. O meu tempo é para viver. Tenho tanta coisa para me preocupar: filhos, trabalho, ganhar dinheiro. Se eu me preocupar com o tempo, eu enlouqueço. Eu não dou tempo ao tempo" completou. 
 
A partir da próxima sexta-feira (4), Glória Maria dividirá a apresentação do “Globo Repórter” ao lado da jornalista Sandra Annenberg. A mudança surge em decorrência da aposentadoria do veterano Sérgio Chapelin, que se despediu na última sexta-feira (27) do comando do programa e das atividades na televisão após 46 anos. 


Famosos LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje