Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 20 de outubro de 2019

Política

Três projetos do governo põem ACM Neto e Rui Costa em nova rota de colisão

19 de setembro de 2019 | 14h 43
Três projetos do governo põem ACM Neto e Rui Costa em nova rota de colisão
Foto: Reprodução
Três projetos do governo têm colocado o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o governador da Bahia, Rui Costa (PT), em nova rota de colisão. O democrata tem argumentado que a gestão estadual tem tocado obras na capital baiana sem nenhum diálogo com a prefeitura e tem ameaçado barrar as ações governistas.
 
O mais recente embate entre o governo e a prefeitura é por causa da Ponte Salvador-Itaparica. ACM Neto afirmou que desconhece o projeto e disse que o a gestão estadual "não vai passar por cima da prefeitura". O prefeito ainda pôs em dúvida se a administração estadual tem capacidade financeira para tocar a obra. Em entrevista à Tribuna, o vice-governador João Leão (PP) declarou que está aberto ao diálogo. 
 
Além da ponte, outro projeto que tem provocado embate entre o prefeito e o governador é o Veículo Leve de Transporte (VLT), que será construído pelo governo do Estado no Subúrbio da capital baiana. Neto também disse desconhecer a obra e afirmou que só concederia isenção do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) após Rui Costa apresentar a proposta do modal para o Executivo municipal. 
 
O governador rebateu e salientou que não precisa, pois, segundo ele, o "transporte é metropolitano e já é isento por natureza". O terceiro projeto que coloca em clima de guerra Neto e Rui é a nova rodoviária da capital baiana. O secretário municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Sérgio Guanabara, afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias, que 35% da área onde governo pretende construir pertence à prefeitura. Segundo o titular da Sedur, o caso deve parar da Justiça.


Política LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje