Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 17 de setembro de 2019

Mundo

Estado Islâmico reivindica ataque em festa de casamento em Cabul, no Afeganistão

18 de agosto de 2019 | 11h 20
Estado Islâmico reivindica ataque em festa de casamento em Cabul, no Afeganistão
Foto: Reprodução
O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou neste domingo (18) o ataque suicida que matou 63 pessoas e deixou outras 182 feridas em uma festa de casamento em Cabul, no Afeganistão. Entre as vítimas estão mulheres e crianças.
 
Por volta das 22h30 (no horário local) de sábado (17), um homem-bomba acionou seu cinturão de explosivos em um salão de festas em bairro de minoria xiita da capital. “Os convidados dançavam e festejavam quando aconteceu a explosão”, descreveu uma testemunha no hospital, atingida nos braços e na barriga.
 
Uma testemunha disse à TV americana CBS que mais de mil pessoas haviam sido convidadas para a cerimônia e festa.
 
O bairro onde aconteceu o ataque tem sido alvo de ataques suicidas nos últimos anos, pois lá estão alvos como mesquitas e centros educacionais. A maioria desses ataques foi assumida pelo Estado Islâmico, que é de origem sunita.
 
Os casamentos no Afeganistão são eventos que costumam reunir centenas ou até milhares de convidados em salões de dimensões industriais. Normalmente, homens ficam separados de mulheres e crianças.
 


Mundo LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje