Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 18 de agosto de 2019

Emanuela Sampaio

Professor Nilo Reis se apresentará no México.

10 de junho de 2019 | 14h 25
Professor  Nilo Reis  se apresentará no México.
Na foto, Prof. Nilo Reis.

O Professor Titular de Filosofia da Universidade Estadual de Feira de Santana Nilo Henrique Neves dos Reis fará duas apresentações no V Congresso Ibero-americano de Filosofia: 5 Séculos de encontros e divergências, na Cidade do México. Este evento, promovido pela Facultad de Filosofía y Letras da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM), pelo Instituto de Filosofía (CSIC), e peloInstituto de Investigaciones filósoficas de la UNAM, reúne uma série de profissionais dedicados aos estudos da filosofia e de áreas afins que irão abordar questões filosóficas centradas na filosofia ibero-americana.

 

No caso do Prof. Nilo Reis, os temas estão relacionados à Bioética (pesquisas envolvendo seres humanos) e a Filosofia Política, dando destaque aos seus estudos sobre o pensamento político de Nicolau Maquiavel. Este evento tratará da questão do novo desafio do Estado democrático de direito, qual seja, promover a vida livre e, ao mesmo tempo, minimizar e gerenciar os conflitos decorrentes do crescimento econômico sem deixar de cumprir os compromissos éticos com a vida humana. Caberá, portanto, à sociedade democrática elaborar metas para que o princípio da dignidade da pessoa, valor estruturante da ordem social, seja efetivado, criando certas garantias ao cidadão que não possam ser violadas. Essa percepção mostra que a existência humana não deve ser secundarizada por conta das questões econômicas, visto que esse modo de interpretar o sentido da vida tem promovido problemas incontornáveis aos indivíduos, mormente aos mais vulneráveis.  Aliado à ideia que alicerça as cartas magnas ocidentais, de que todo ser humano é um fim em si mesmo, por conseguinte, é imprescindível colocar esse ponto de vista adstrito à preocupação central nas pesquisas científicas que envolvem os seres humanos, de modo imprescindível a moldar um sistema de moralidade e de responsabilidade mútua de uns com os outros para que o sonho da modernidade se concretize. Na segunda fala, pensando na contribuição à reflexão política, por parte de Nicolau Maquiavel, o professor pretende acrescentar a hipótese de que há um entrelaçamento entre os escritos políticos do filósofo e suas composições literárias, particularmente com sua comédia A Mandrágora, com apoio de outra peça: Clizia. Esse enlaçamento pode ser percebido como parte do raciocínio político, e tem a função de iludir o leitor desatento, bem como instruir o bom leitor pelo jogo na encenação teatral, e serve para pensar a política como um grande espetáculo que todos devem ser atentos aos fins da política e suas reais motivações por trás dos contextos narrativos. Maquiavel, com esse movimento subliminar, tenta mobilizar o povo acerca de como ocorre a conquista e conservação do poder. Nesse sentido, a segunda fala do professor Nilo Reis propõe afirmar que ler Maquiavel na contemporaneidade é produtivo, já que sempre mostra o objetivo principal do ator político para outras épocas.

 

O no V Congreso Iberoamericano de Filosofía: 5 Sigloes de convergencias y desencuentros: Historia, retos y porvenir de la filosofía iberoamericana ocorrerá entre os dias 17 a 21 de junho de 2019, na Cidade do México. Mais informações, no site: http://vcongresoiberoamericanodefilosofia.net/

 



Emanuela Sampaio LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje