Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 15 de junho de 2019

Geral

Pode entrar Dom Zanoni

Dom Itamar Vian - 03 de fevereiro de 2015 | 08h 08
Pode entrar Dom Zanoni
Os baianos são conhecidos como acolhedores.  O  povo de Feira de Santana o é ainda mais. Foi por causa desse coração amável que os católicos  da Arquidiocese esperaram a  nomeação de um Arcebispo Coadjutor.  Todos perguntavam pelo nome. Eu nada podia dizer, porque nada sabia.
 
O grande dia chegou e o anúncio  do nome de Dom Zanoni Demettino Castro foi recebido com entusiasmo desde os primeiros instantes da proclamação. Coube a mim a graça de, na manhã do dia 03 de dezembro do ano passado, às 8 horas, na residência episcopal, em coletiva com a imprensa, anunciar o nome de Dom Zanoni. Ele foi enviado a Feira de Santana pelo  Papa Francisco por vê-lo ornado de qualidades e por considerá-lo destacado em questões pastorais. Será apresentado à comunidade neste dia 6 de fevereiro, às 20 horas, na igreja Santo Antônio, bairro Capuchinhos.
 
O arcebispo  Coadjutor terá direito sucessório   ao Arcebispado de Feira de Santana, quando eu pedir a  renúncia,  que pelo  Direito Canônico  devo solicitá-la ao completar 75 anos,   em 27 de agosto deste ano. Enquanto aguardo a resposta do papa Francisco, continuarei servindo ao povo de Deus  e  cumprindo a programação prevista com o mesmo entusiasmo  e  alegria como se fosse o primeiro dia de meu Episcopado.
 
Compete ao Arcebispo Coadjutor assistir ao Arcebispo em todo o governo da Arquidiocese  e o substituir quando estiver impedido ou ausente (cf. Cân. 405,§ 2); exercer suas funções em união de ação e intenção, de trabalho e espíritos, com o Metropolita (cf. Cân. 407, § 3); celebrar pontifícais e outras funções do Arcebispo, sempre que for solicitado por este (cf. Cân. 408, § 1). Dom Zanoni vem, portanto, com a missão de colaborar no serviço administrativo e pastoral da Arquidiocese
 
Somos profundamente gratos a Dom Zanoni, pelo sim dado a Deus, às ovelhas do seu rebanho e à Província Eclesiástica de Feira de Santana formada pelas dioceses de Barra, Barreiras, Irecê, Juazeiro, Paulo Afonso, Rui Barbosa, Bonfim e Serrinha. Desejamos continuar ouvindo a sua voz de bom pastor que insiste em repetir “ECCE MITTE ME” (eis-me aqui, envia-me) testemunhando com sua própria vida o que escolhera como lema de seu episcopado.
 
Na alegria da acolhida,  uno-me à voz  dos presbíteros, diáconos, seminaristas, religiosos (as) de todos os católicos  que dizem com vigor renovado: Pode entrar Dom Zanoni. A casa é sua! Venha com fé e confiança na Mãe de Jesus e na Senhora Santana, padroeira de nossa Arquidiocese. Temos convicção de que é “bendito o que vem em nome do Senhor” ( LC 13,35).


Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje