Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 16 de junho de 2019

Cultura

Circulação da Música Afrobaiana encerra atividades na África do Sul e segue para Moçambique

15 de abril de 2019 | 14h 10
Circulação da Música Afrobaiana encerra atividades na África do Sul e segue para Moçambique
As atividades do projeto “Circulação da Música Afrobaiana 2019” estão em pleno vapor na cidade de Pretória, na África do Sul. O mestre Bel da Bonita, o músico/educador Ravel Conceição e o produtor/documentarista Uyatã Rayra – integrantes do grupo Africania – realizaram na última quarta-feira (10) a oficina “Ritmos do Forró” com os estudantes de duas turmas da escola primária Bud -Mbelle. As fotos e os vídeos refletem o clima de alegria e descontração que pairou no momento.
 
A atividade fez parte da programação oficial da Embaixada do Brasil na África do Sul, que promove a ação “Brasil nas Escolas”, através do Centro Cultural Brasil-África do Sul. Provenientes da cidade de Feira de Santana, os artistas sentem-se orgulhosos em difundirem a cultura do sertão baiano na África do Sul.
 
No dia 8 de abril o cronograma contou com a realização da palestra “Influências do Samba no Forró”, na qual foi exibido o documentário “Os 8 Baixos de Bié”. Já no dia 9 de abril foi realizada a oficina rítmica de “Samba de Roda do Sertão”.
 
A partir de agora o projeto se direciona para a cidade de Maputo – capital de Moçambique –, na qual serão realizadas atividades no período de 17 a 20 de abril. “Sinto-me semente nessa reconexão com a Terra Mãe”, afirma o mestre Bel da Bonita. 
 
Os artistas feirenses também foram recebidos na Embaixada do Brasil no África do Sul pelo embaixador Nedilson Jorge e pelo diretor de Cultura da Embaixada Rafael Leal.
 
O projeto foi aprovado na 4ª Chamada do Edital de Mobilidade de 2018 e conta com o apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.
 
A ação conta ainda com o apoio cultural do programa Flotar e o apoio institucional da Embaixada do Brasil na África do Sul e da Embaixada do Brasil em Moçambique através dos seus Centros Culturais.


Cultura LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje