Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 25 de maio de 2019

Câmara Municipal

Vereador diz que criminalizar a homofobia é uma retaliação com os pastores evangélicos

Roberta Costa - 18 de fevereiro de 2019 | 15h 22
Vereador diz que criminalizar a homofobia é uma retaliação com os pastores evangélicos
Foto: Reprodução
Durante discurso na Câmara Municipal nesta segunda-feira (18), o vereador Edvaldo Lima (PP), criticou o discurso do nistro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello.
 
Segundo Edvaldo, ao defender a criminalização da homofobia, o ministro atacou as religiões e abraçou a ideologia de gênero.
 
“Ele disse que a mulher não nasce mulher, que se torna mulher. Então o homem, nas palavras do ministro, também não nasce homem. E nasce o que?", questionou.
 
Criminalizar a homofobia é uma represália contra os pastores evangélicos.
 
“Ladrão não nasce ladrão, ele se torna. Da mesma forma acontece com os homossexuais. Posso ser taxado como criminoso por defender o que diz a palavra de Deus na Bíblia. Pode prender Edvaldo Lima, abrir as portas dos presídios para colocar todos os evangélicos dentro".


Câmara Municipal LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje