Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 19 de junho de 2019

Segurança

Condenado por estupro, ex-secretário de cidade na Bahia é espancado em presídio

11 de janeiro de 2019 | 14h 28
Condenado por estupro, ex-secretário de cidade na Bahia é espancado em presídio
Foto: Reprodução
O ex-secretário de Administração da cidade de Jucuruçu, no sul da Bahia, condenado a 11 anos de prisão por estupro, foi espancado dentro de uma das celas do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas.
 
De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado da Bahia (Seap), as causas das agressões a Alexsandro Souza Sena, de 38 anos, são apuradas pela comissão disciplinar do órgão. Ele foi espancado no dia 17 de dezembro de 2018 com socos e pauladas, mas o caso só foi divulgado nesta semana, após vídeo das agressões ser postado em redes sociais.
 
As agressões foram gravadas por um dos internos e divulgadas nas redes sociais. A Seap informou que não tinha conhecimento sobre o vídeo que circula na internet. As imagens estão sendo analisadas para facilitar a identificação e punição dos envolvidos.
 
Ainda segundo a Seap, após ficarem sabendo do caso, os agentes da penitenciária retiraram Alexsandro do pavilhão. O ex-secretário foi conduzido à enfermaria para os primeiros atendimentos e, depois, para a Coordenadoria da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia (Coorpin de Teixeira de Freitas), onde foram feitos o boletim de ocorrência e os exames de corpo de delito.
 
A Seap informou que uma portaria foi instaurada para a identificação dos presos envolvidos. O órgão ainda destacou que Alexsandro Souza Sena está em uma cela separada dos demais detentos.
 
Não há informação sobre se houve revista nas celas, para apreensão do celular que foi utilizado para gravar o vídeo do espancamento.
 
De acordo com a Polícia Civil, Alexsandro foi condenado por um estupro cometido em 2015 a uma jovem de 18 anos, em Itamaraju, e uma tentativa de estupro contra duas adolescentes de 14 anos. Ele cumpria pena em regime aberto, mas foi preso no dia 11 de dezembro de 2018, também por estupro.


Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje