Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 12 de dezembro de 2018

Bahia

Alana Rocha confirma que foi demitida da TV Aratu por apoiar Rui Costa

02 de outubro de 2018 | 14h 28
Alana Rocha confirma que foi demitida da TV Aratu por apoiar Rui Costa
Foto: Reprodução
Um dia após ser demitida da TV Aratu, a jornalista Alana Rocha resolveu falar abertamente sobre o caso. Ao Bahia Notícias, ela disse que a atitude da emissora foi motivada pelo seu posicionamento político favorável a Rui Costa, candidato do PT à reeleição ao Governo do Estado. “Na verdade, ontem não quis falar porque estava muito emocionada. Porém, realmente, quando Matheus Carvalho (diretor de jornalismo) me chamou, ele alegou que o motivo foi a minha opinião política e o uso da minha imagem que apareceu na campanha de Rui. O diretor foi bem explicito que essa era a causa”, lamentou.
 
Alana explicou que o uso da sua imagem não foi proposital – já que veio de um vídeo postado acidentalmente em suas redes sociais -, mas que depois o partido pediu autorização. “Quando a empresa não me orienta a isso, acho injusto o posicionamento. Se eu estivesse infringindo alguma regra deles, mas não foi isso. A gente sabe que na Record, Globo é proibido fazer campanha, mas na Aratu nunca me passaram nada. Acredito que se estava errando, eles poderiam ter chamado a minha atenção...”, desabafou.
 
Prova de que a afiliada não impede seus funcionários de fazer campanha é que sua colega Driele Veiga pediu licença não remunerada para trabalhar na campanha de Jaques Wagner (PT) ao Senado Federal. “Questionei isso a ele (Matheus) na nossa conversa, mas fui informada que ela avisou para a emissora e, por isso, está afastada, porém com o retorno marcado para o próximo dia 15”, lembrou. Ela ainda disse que, no momento de sua contratação, não recebeu nenhuma orientação sobre posicionamentos políticos publicamente, apenas sobre situações do cotidiano. “Como vestuário, modo de me comportar, ter cuidado com erros de português. Contudo, de uso imagem nunca chegaram para reclamar de algo”.
 
O portal Natelinha pontuou que, na Aratu, vários funcionários se posicionam politicamente a favor do candidato a deputado estadual do PSDB, Tiago Corrêa, que já é vereador da capital baiana e faz parte da base de ACM Neto, que tem como candidato ao governo o ex-prefeito de Feira de Santana Zé Ronaldo (DEM), oposição a Rui. Além disso, Tiago é casado com Ana Coelho, que é CEO do Grupo Aratu de Comunicação. Ana, por sua vez, é sobrinha do ex-governador e ex-deputado federal Nilo Coelho, que dividiu a propriedade da Aratu com o irmão Roberto Coelho.
 
Primeira transexual a ocupar um cargo de jornalismo na TV do Brasil, Alana afastou a possibilidade de a demissão ter sido motivada por transfobia. “Acredito que era uma vantagem para eles. Foi a primeira emissora que deu esse espaço para uma pessoa trans. Os números vinham dizendo isso e o público aprovando. Por isso, a surpresa. Todo mundo é muito unido lá. Eles se gabavam de ser essa emissora que não é careta”, disse aos prantos.
 
Como a decisão ainda é recente, a comunicadora disse que ainda não sabe o que fará da vida. “Estou completamente sem chão. Toda hora eu choro. Estou cheia de coisas para pagar. É difícil...Nunca imaginei que essa a altura da minha vida estaria passando por tal situação... ainda mais sendo trans...não sei se isso pode afugentar as oportunidades”, finalizou.


Bahia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje