Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 12 de dezembro de 2018

Saúde

Demanda por atendimentos odontológicos aumentou 40 % últimos anos

20 de setembro de 2018 | 14h 20
Demanda por atendimentos odontológicos aumentou 40 % últimos anos
Foto: Divulgação
Nos últimos anos, a demanda por atendimentos odontológicos no Sistema Único de Saúde (SUS) em Feira de Santana aumentou em 40%. Com o objetivo de discutir stratégias de qualificação do serviço para os usuários do serviço na rede municipal de saúde, foi promovido na última segunda-feira, 17, um encontro com odontólogos dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Saúde da Família (USF) e Policlínicas.   
 
Foram abordados pontos importantes como empatia do profissional com o paciente e os desafios enfrentados pela gestão em busca de manter a qualidade do serviço. “Registramos um crescimento na procura por atendimento no SUS de 40%. Mesmo com a grande demanda, precisamos nos colocar no lugar do usuário, oferecendo o nosso melhor na assistência”, ponderou o chefe da Divisão Odontológica, Arilson Pereira.
 
A orientação para os pacientes que necessitam de algum atendimento ou procedimento odontológico é procurar a unidade de saúde com documento de identidade com foto, cartão SUS e cartão da família. “Através dessa avaliação, se houver necessidade de encaminhamento para atendimento especializado o profissional vai direcioná-lo para o CEO com solicitação em mãos”, explica.
 
Os Centros de Especialidades Odontológicas realizam procedimentos de média complexidade, como prótese dentária, tratamento de canal e gengiva. “O CEO é voltado também para pacientes com necessidades especiais e pacientes com câncer”, afirma Arilson Pereira.
 
Até agosto deste ano as UBS, USF, Policlínicas e CEO já contabilizaram cerca de 136.588 atendimentos odontológicos. “Nós traçamos a meta de alcançar 140 mil atendimentos este ano, incluindo consultas e procedimentos. Acreditamos que vamos ultrapassar a meta”, salienta o chefe da Divisão Odontológica (foto). 

FONTE: Secom



Saúde LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje